Estudo revela que usuários da América Latina são os que menos gastam com apps

Por Redação | 10.08.2016 às 10:18

Uma pesquisa realizada pela Apps Flyer, empresa de análise de aplicativos, revelou que os usuários do iOS ainda gastam mais dinheiro com apps do que os usuários do Android. A discrepância nos gastos envolvendo os usuários dos dois sistemas operacionais móveis estende-se a todos os continentes estudados pela empresa. Além disso, outro dado interessante apontado pela pesquisa é que o gasto médio de cada usuário do iOS é maior do que no Android.

Levando em consideração os usuários que pagam por aplicativos ou fazem compras dentro dos apps, a média de gasto dos usuários da plataforma da Apple é de US$ 12,77, enquanto que entre os usuários Android o número é bem menor, com uma média individual de US$ 6,19.

O estudo também apontou que, no geral, independentemente do sistema operacional, os asiáticos e os norte-americanos são os que mais gastam com aplicativos. Na Ásia, o gasto médio dos usuários com apps é de US$ 10,65, enquanto que na América do Norte o valor médio é de US$ 8,68. "Europa e América Latina trilham muito atrás", apontou o estudo. Nesses continentes, a média é bem inferior, com gasto de US$ 4,61 entre os latinos e US$ 5,61 entre os usuários europeus.

Outro índice interessante para o mercado de aplicativos aponta que a América Latina é a região com menos usuários dispostos a pagar por um aplicativo ou realizarem compras dentro deles. Em uma análise de proporção, apenas 2,4% dos usuários pagariam por apps, enquanto que a Ásia tem porcentagem de 5,9%, a América do Norte de 5,8% e a Europa de 5%.

Chamado de "O Estado de Gastos por Aplicativos", o estudo também sugere aos desenvolvedores investir no mercado asiático para monetizarem seus aplicativos, já que por lá estão os melhores pagadores. A América Latina, apesar dos números inferiores aos demais continentes, é indicado no estudo como o mercado com bom potencial de crescimento.

Fonte: Apps Flyer