Discord quase triplica a sua base de usuários em apenas um ano

Por Eduardo Hayashi | 15 de Maio de 2018 às 16h25
photo_camera Discord

Depois de adicionar o suporte para conversas em vídeo, o Discord, serviço gratuito de chat online voltado para games, está comemorando o seu terceiro aniversário, desde o lançamento da plataforma em 13 de maio de 2015. E, acredite, há mais muito mais do que apenas isso para comemorar, pois em apenas um ano a plataforma quase triplicou a sua base de usuários.

Conforme os números divulgados pela empresa, o Discord saltou da marca de 45 milhões de usuários para 135 milhões na comparação anual. Com isso, a empresa também revelou que 19 milhões de jogadores utilizam a ferramenta online todos os dias, registrando o pico máximo de 8,2 milhões de pessoas logadas simultaneamente no serviço.

Conforme observa o Engadget, este resultado positivo está ligado diretamente ao crescente sucesso de jogos cooperativos online, a exemplo de Fortnite, que atualmente representa o servidor mais ativo do Discord, com aproximadamente 180 mil usuários, além de outros canais de comunicação verificados de jogos de grande expressividade em que a comunicação entre a equipe é essencial, como PUBG, Rainbow Six: Siege e Vainglory.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, vale notar que a companhia por trás do Discord também possui parcerias com diversas equipes de eSports, incluindo a Team Liquid e a DreamHack, que utilizam o serviço online como seus canais de comunicação oficiais.

Outro fator que contribuiu para o crescimento do serviço de conversas por voz é a popularização de sites de transmissão de jogos via streaming, a exemplo do Twitch, YouTube Gaming e do Mixer, uma vez que o Discord oferece suporte a algumas dessas plataformas e também disponibiliza canais exclusivos para os espectadores das transmissões ao vivo.

O Discord está disponível em versão web, para PCs com Windows e a partir de aplicativos móveis para Android e iOS.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.