China passa EUA e se torna maior mercado de games para iPhone, iPod e iPad

Por Redação | 19 de Julho de 2016 às 18h25
GameFM

De acordo com a empresa de pesquisa App Annie, a China se tornou o mercado em que os games de iOS mais arrecadam no mundo, passando os Estados Unidos. A virada aconteceu no segundo trimestre do ano — até então, a China era a segunda colocada.

O crescimento se deve a jogos desenvolvidos no próprio país, como os MMORPGs Fantasy Westward Journey e Westward Journey Online e o MOBA Hero Moba, enquanto os games estrangeiros, como Clash Royale, tiveram um peso menor (foi apenas o 10º colocado na China).

Trata-se de um crescimento vertiginoso, em que as vendas de games para iOS no mercado chinês praticamente dobraram de tamanho entre o segundo trimestre de 2015 e o de 2016. Neste intervalo, o país já havia ultrapassado o Japão no primeiro trimestre deste ano e, agora, deixa para trás também os Estados Unidos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Dados App Annie 2Q 2016

Gráfico mostra crescimento da China na arrecadação de jogos para iOS

Principalmente com o desempenho na China, a categoria de games na App Store foi a que mais cresceu no período e agora representa 75% de todas as vendas entre aplicativos para iOS. O próximo passo para os chineses é tirar os Estados Unidos do topo do ranking no que diz respeito a venda de aplicativos como um todo. Falta apenas 10% para a China alcançar a terra de Obama, mas essa diferença, há um ano, era de 90%.

Brasil

A pesquisa da App Annie traz outros dados interessantes. No Brasil, por exemplo, o aplicativo de música mais usado em termos de tempo, nos aparelhos Android, é o Spotify. Google Play Music, Samsung Music, Deezer e TuneIn Radio compõem o top 5.

Dados App Annie 2Q 2016

Esta tabela lista o ranking de utilização, em tempo, dos aplicativos musicais em cada país

Os dados mostram que as pessoas estão dispendendo cada vez mais tempo com os aplicativos: em relação ao segundo trimestre de 2014, os valores praticamente dobraram. Os países que mais cresceram neste quesito foram Índia, Brasil e Estados Unidos. A China não está na lista por conta de uma particularidade que impede a obtenção de dados: é que, por lá, quase todos os aplicativos são baixados pelas lojas online próprias, fora da Google Play.

Para 2016, a App Annie projeta um tamanho de mercado de US$ 52 bilhões para os aplicativos de celular e tablets.

Google Play x App Store

Em relação a números de downloads e de arrecadação entre o Google Play e a App Store, a situação do segundo trimestre de 2016 é praticamente a mesma do primeiro: a loja da Google tem o dobro de downloads comparada com a da Apple, mas esta responde tendo o dobro em vendas. A diferença aumentou 10% de um período para outro.

Dados App Annie 2Q 2016

Quadro não muda: Google Play tem mais download, App Store, mais arrecadação

Em termos de aplicativos baixados, o Brasil aparece como o sexto lugar que mais cresceu no Google Play e em oitavo na App Store. Combinando os dados das duas lojas, o país aparece em terceiro lugar no quesito número total de downloads, sendo que os Estados Unidos ficam em primeiro e a China em segundo (neste caso, não foram contados os downloads para Android por causa da peculiaridade anteriormente mencionada). Agora, quando a questão é arrecadação, o Brasil não está entre os dez primeiros em nenhuma das listas acima. Os dados confirmam a percepção de que o brasileiro gosta de baixar aplicativos, mas não de pagar por eles, e, por isso, os gratuitos são sempre os preferidos.

Fonte: App Annie

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.