Celulares Google Pixel ganham medição de frequência cardíaca pela câmera

Por Diego Sousa | Editado por Wallace Moté | 10 de Março de 2021 às 14h40
Daniel Romero/Unsplash

Como prometido há pouco mais de um mês, o Google começou a disponibilizar nesta semana a medição de frequência cardíaca e respiratória pela câmera dos celulares Pixel. A novidade chega através do Google Fit, aplicativo de monitoramento e acompanhamento de saúde, primeiramente aos modelos da fabricante, mas tem previsão de lançamento para outros smartphones Android no futuro.

O funcionamento do recurso é simples: para medir a frequência cardíaca, o usuário só precisa pressionar seu dedo indicado contra a câmera traseira por alguns segundos. Segundo o Google, os dados são extraídos graças a "alterações discretas" na coloração da ponta dos dedos, que permitem que o fluxo sanguíneo seja avaliado pelos algoritmos inseridos no app.

(Imagem: Divulgação/Google)

Para medir a frequência respiratório, por outro lado, o usuário precisará apoiar o celular em uma superfície estável e se enquadrar na câmera frontal, da altura do seu peito até o rosto. Depois de alguns segundos, o app entregará os resultados, baseando-se na quantidade de inspirações feitas dentro de um minuto.

(Imagem: Divulgação/Google)

Segundo o Google, os dados registrados pelo aplicativo são processados somente no dispositivo, ou seja, eles não são armazenados nos servidores da empresa. No entanto, vale mencionar que a avaliação não deve ser usada como elemento para consultas médicas, mesmo que o software já esteja adaptado para identificar os batimentos em diversos sons de pele e iluminação externa.

Apesar de muito interessante, é importante deixar claro que os recursos não são tão precisos quanto os dispositivos que possuem sensores dedicados para esses tipos de avaliações, já que a medição é feita através do conjunto fotográfico. No entanto, eles podem ser usados como uma ferramenta extra para ajudar os usuários a manterem uma vida mais saudável.

Fonte: Google  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.