Brasil deverá se tornar o principal mercado do Uber na América Latina

Por Redação | 01.06.2016 às 00:29
photo_camera Divulgação

Que o Uber é sucesso em todo o mundo não é novidade. Mas a rapidez de seu crescimento é realmente impressionante, principalmente nos países da América Latina. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (31), a companhia teve o número de solicitações de corridas triplicado na região entre janeiro e abril deste ano.

Segundo Rodrigo Arévalo, gerente-geral regional do Uber na América Latina, a massificação do uso de smartphones e a insuficiência do transporte público são os principais fatores para a demanda crescente em países como México, Brasil e Argentina. Sobre o assunto, atualmente os mexicanos lideram o uso do aplicativo, mas os brasileiros deverão assumir a posição em breve.

Arévalo afirmou que o Brasil deverá se tornar o maior mercado da companhia ainda neste ano, e grande parte dessa constatação se deve à grave crise econômica que assola a população. Por conta da recessão, muitas pessoas têm aderido ao serviço para trabalhar como motoristas do Uber na tentativa de complementar a renda, e isso tem aumentado consideravelmente o número de usuários da plataforma.

Outro ponto que deve servir como estímulo para o crescimento da companhia no país compreende os Jogos Olímpicos, sediados no Rio de Janeiro. Pensando nessa fatia do mercado, o Uber pretende lançar o seu serviço de corridas compartilhadas, o UberPOOL, antes de agosto.

Mesmo diante de todo o sucesso, Rodrigo Arévalo garante que ainda há muito o que fazer na América Latina para que toda a população possa ter acesso aos serviços da empresa. A ideia é que o Uber se torne pelo menos parte das soluções para resolver os congestionamentos nas grandes cidades latino-americanas.

Atualmente, o Uber está presente em 45 cidades de 10 países da América Latina, e conta com mais de 2 milhões de usuários ativos semanalmente.

Fonte: Exame