Apps de Android devem oferecer suporte a códigos de 64 bits até agosto de 2019

Por Redação | 21 de Dezembro de 2017 às 13h10
TUDO SOBRE

Google

Os esforços da Google para melhorar a curadoria do Google Play são uma grande novidade, mas parece que a companhia prossegue tentando melhorar a segurança e desempenho dos apps disponíveis na loja online.

Nesta terça-feira (19), Edward Cunningham, gerente de produtos do Android, publicou algumas novas diretrizes e mudanças que serão implementadas nos próximos anos para os desenvolvedores do sistema operacional móvel.

A maior das mudanças anunciadas é que o Google Play passará a considerar obrigatória a publicação de novos apps e atualizações com suporte a códigos 64 bits a partir de agosto de 2019. Embora a medida não elimine de vez os aplicativos compatíveis com 32 bits, foi informado que as bibliotecas nativas dos aplicativos terão que oferecer suas respectivas versões 64 bits para serem aprovadas na loja de apps.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O Goople Play também exigirá que os novos apps utilizem as APIs mais recentes do sistema operacional e se adequem à interface de programação do Android Oreo até agosto de 2018. No entanto, esta segunda diretriz não exige necessariamente que os aplicativos sejam voltados exclusivamente para o Android 8.0.

Por fim, o último anúncio foi de que a loja de apps oficial do Android incluirá uma pequena quantidade de metadados de segurança nos APKs (arquivo de instalação de apps) a partir de 2018, com o principal intuito de auxiliar na verificação de autenticidade e procedência dos aplicativos na Google Play.

Fonte: UberGizmo via Android Developers Blog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.