Apps bancários batem recorde de downloads com greve do setor

Por Redação | 29 de Setembro de 2016 às 15h30

Se em outras épocas, uma greve dos bancários seria motivo para comoção popular, atualmente a situação é outra. Com a prolongada greve, os apps dos principais bancos do país bateram recordes de download.

Desde a última semana, os apps de bancos como Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Itaú figuraram constantemente no ranking dos 50 mais baixados, tanto na App Store quanto na Google Play, superando sucessos como Tinder, Twitter e Clash of Clans e mostrando que o usuário passou a buscar alternativas em vez de esperar as agências voltarem a funcionar.

Outros apps de bancos digitais como Banco Original e o Itaú Abreconta, que possibilita a abertura de uma conta de forma 100% digital, também são destaque. O app do Itaú, por exemplo, ocupa atualmente o 15º lugar entre os lançamento da Google Play, mas chegou a ocupar o primeiro lugar durante meados da semana passada.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o uso de canais alternativos às agências bancárias, têm sido eficazes para minimizar os efeitos da greve. Em 2015, o internet banking já atendeu cerca de 33% das transações dos clientes, e em 2016 este percentual deve ser ainda mais ampliado.

No ano passado, as transações bancárias pelo mobile banking cresceram 138% ante 2014, totalizando 11,2 bilhões de operações, segundo a Febraban.

Fonte: Exame

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.