Apple recebe autorização para utilizar drones no aprimoramento do Maps

Por Natalie Rosa | 10 de Maio de 2018 às 13h25
photo_camera Reprodução
TUDO SOBRE

Apple

A Apple recebeu a autorização do governo norte-americano para usar drones a fim de aprimorar sua plataforma de mapas, o Maps. A empresa deve capturar imagens do estado da Carolina do Norte, inicialmente, com o uso dos drones, levando mais detalhes das localizações aos usuários que preferem usar o app nativo de mapas do iOS.

Assim como o Google Maps, a empresa promete fazer o desfoque de informações privadas, como placas de carros e imagens dos rostos de pedestres.

No ano passado, a Apple foi uma das companhias que se candidataram para fazer parte do projeto de testes com drones nos Estados Unidos, criado por Donald Trump, ao lado da Intel, Airbus, Uber, FedEx e Microsoft. A Amazon e a DJI, no entanto, tiveram seus projetos reprovados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Quando lançado, em 2012, o Apple Maps não foi bem visto e muitos acreditaram que seria um fracasso. De fato, a plataforma apresentou problemas em seu início, com imagens distorcidas e caminhos falhos, mas desde então a companhia vem aprimorando o serviço, que é atualizado diariamente.

A primeira vez em que se ouviu falar do uso de drones para o Apple Maps foi em 2015, quando a empresa fez um pedido de isenção da FAA para o uso dos veículos aéreos, sendo aprovado apenas em 2016, para que pudesse ser feita a operação de um sistema de aeronaves não tripuladas para a coleta de dados, fotos e vídeos.

Com a nova autorização, a Apple deve examinar placas de rua, além de rastrear o movimento e mudanças nas estradas, identificando áreas em construção, por exemplo.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.