Aplicativo mostra os (d)efeitos estéticos causados pelo álcool a longo prazo

Por Redação | 13.01.2013 às 09:05 - atualizado em 04.12.2015 às 18:50

O governo da Escócia está empenhado em mudar o hábito alcoólico da população, especialmente a feminina. Para isso, decidiram utilizar a tecnologia e a mobilidade a favor de sua campanha chamada 'Drop a Glass Size'.

Um aplicativo para Android chamado 'Drinking Mirror' (traduzido livremente como Espelho da Bebida), foi lançado no ano passado e aprimorado pelos responsáveis da campanha governamental. O app simula os efeitos que o consumo excessivo de álcool pode trazer para a aparência das mulheres.

A partir de uma fotografia fornecida pela usuária, o Drinking Mirror faz uma simulação de como um rosto pode ficar depois de alguns anos ingerindo álcool. A imagem vem junto com um aviso de que "as rugas mais profundas, as bochechas vermelhas e o ganho de peso" são apenas alguns dos efeitos visíveis da bebedeira regular. O aplicativo está disponível para download gratuito na Google Play.

Efeitos do álcool

Imagem: Divulgação

O site da campanha explica que os corpos das mulheres reagem ao álcool de uma maneira diferente. As mulheres têm em média 10% de gordura a mais que os homens, o que significa que o álcool tem menos espaço para diluir. Por isso, ele viaja pelo corpo de mulheres em forma mais concentrada e causa mais danos.

No geral, a campanha visa conscientizar as pessoas sobre a linha tênue entre o beber socialmente e beber exageradamente, especialmente quando as pessoas bebem em casa. Os homens não estão excluídos da conversa. No site da campanha existe uma página dedicada a eles (Drinking like a man), advertindo que os homens que tomam mais de cinco drinques por dia têm duas vezes mais probabilidade de morrer de um acidente vascular cerebral, e que ter uma barriga de cerveja pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, pressão alta, diabetes, apneia do sono e câncer.