Aplicativo de reservas do Airbnb é lançado antes da hora

Por Redação | 17.08.2016 às 15:12

A primeira expansão do Airbnb para fora do mercado de hotelaria deu as caras rapidamente nesta quarta-feira (17), na Google Play Store, antes de ser retirado do ar. Trata-se do Trips, um aplicativo que permitirá aos usuários da plataforma reservarem mesas em restaurantes ou comprarem ingressos para passeios e tours pela cidade onde se hospedarão no futuro.

O software surgiu em uma versão de testes, mas poderia ser baixado por qualquer usuário. Entretanto, mesmo quem fez isso não consegue mais acessar o serviço, pois com a retirada do app do ar, seus servidores também foram desligados, impedindo que as pessoas acessassem suas funcionalidades, vissem as opções disponíveis ou até mesmo conhecessem a interface da aplicação, que deve ser integrada ao serviço convencional do Airbnb.

Airbnb Trips

A novidade virá na forma de sugestões de roteiros de viagens, passeios e restaurantes nos arredores. Eventos locais, como shows, baladas e festas também aparecem no aplicativo, indicando o que de melhor o turista pode fazer durante sua estadia em um determinado local. Quando não é possível realizar reservas e compras diretamente pelo aplicativo, ele também tem sua utilidade, servindo como um guia de viagem.

A remoção rápida e o desligamento total dos servidores, entretanto, indica que o Airbnb Trips ainda não estava pronto para ser lançado. A companhia nem se pronunciou sobre o assunto – ela apenas disse que coisas “empolgantes” estão sendo trabalhadas, sem entrar em detalhes –, mas a expectativa é que o serviço seja lançado em novembro, quando a empresa deve realizar uma conferência de imprensa onde, anualmente, anuncia suas novidades para o futuro próximo.

Além do Trips, outras alternativas semelhantes seriam um sistema que vai permitir aos anfitriões não apenas cederem suas casas para os hóspedes, mas também ganharem dinheiro dando a eles tours ou levando-os a bares, por exemplo, além de um cartão de fidelidade que incentivaria os usuários a procurarem mais a plataforma. Além disso, um guia turístico escrito já é dado aos usuários no momento da reserva em algumas cidades, outra alternativa que vem para tornar o Airbnb mais do que uma alternativa aos hotéis tradicionais.

Fonte: Bloomberg