Amazon lança app Cloud Drive para concorrer com Dropbox e Google Drive

Por Redação | 08.07.2015 às 17:20

A Amazon é praticamente unanimidade quando o assunto é serviços na nuvem, sobretudo no meio corporativo. Por outro lado, entre os usuários domésticos, a varejista tem pouco apelo e na maioria das vezes é esquecida em dentrimento de serviços como Dropbox, Google Drive e OneDrive. Essa realidade, entretanto, pode estar com os dias contados graças ao Amazon Cloud Drive.

Com versões para iOS, Android e Kindle, o aplicativo foi lançado nesta terça-feira (7) e chega para chamar a atenção dos usuários mobile para o serviço de armazenamento da nuvem da varejista. A ideia é bastante similar ao que já vemos na concorrência, com possibilidade de armazenar e visualizar documentos armazenados no serviço, independentemente do dispositivo que se está utilizando.

App extingue a necessidade de ter apps específicos para abrir tipos distintos de arquivos, como videos, imagens, música e documentos

Aplicativo extingue a necessidade de ter apps específicos para abrir tipos distintos de arquivos, como videos, imagens, música e documentos (Imagem: captura de tela / Canaltech)

Além disso, a novidade extingue a necessidade de ter um app específico para visualizar tipos diferentes de arquivos. Antigamente, por exemplo, para poder visualizar vídeos armazenados na Amazon Cloud era necessário um app específico para isso — o mesmo acontecia para imagens e documentos. Com a eliminação desse empecilho, agora os usuários podem ver tudo num só lugar, bastando baixar o novo app.

Embora tudo soe bastante familiar, sobretudo para quem já usa o Dropbox, a Amazon aposta em um grande diferencial que pode fazê-la decolar no segmento: o preço. Enquanto os principais concorrentes cobram, em média, US$ 9,99 mensais por um plano de 1 TB de armazenamento, a Amazon oferece uma assinatura anual de US$ 72 que dá direito a espaço ilimitado para o usuário.

Visual é bastante semelhante ao visto em apps concorrentes como Dropbox e OneDrive. Diferencial fica por conta de planos pagos ilimitados, que saem por a partir de US$ 60 anuais

Visual é bastante semelhante ao visto em apps concorrentes como Dropbox e OneDrive. Diferencial fica por conta de planos pagos ilimitados, que saem por a partir de US$ 60 anuais (Imagem: captura de tela / Canaltech)

Com isso, não resta dúvida de que a Amazon chega forte nesse segmento e tem potencial de cativar mais clientes para sua solução de armazenamento na nuvem. Resta saber apenas quando isso acontecerá e como a concorrência reagirá a essa jogada. É esperar para ver.

Via TechCrunch