Mas já? Google vai descontinuar dois serviços no final de janeiro

Por Redação | 02 de Janeiro de 2014 às 09h33
photo_camera Divulgação

2013 talvez tenha sido o ano em que o Google mais descontinuou serviços em toda sua história. Começou com o Google Health, em janeiro, e depois atingiu programas como Sync, Related e até os populares Gtalk, Buzz e Google Reader. Com exceção destes três últimos, a maioria dos outros serviços não era muito utilizada, o que justifica encerrar suas atividades.

Em 2014, a coisa não deve ser diferente. E os primeiros programas da "lista negra" do Google foram revelados: o Bump e o Flock. As informações foram divulgadas no blog oficial do Bump, que decidiu fechar o aplicativo no próximo dia 31 de janeiro para comandar outras ideias dentro da empresa.

"Nós agora estamos intensamente focados em novos projetos dentro do Google, e por isso resolvemos encerrar o Bump e o Flock", disse David Libe, CEO e cofundador do Bump. "De muitas maneiras o Bump foi um produto revolucionário que inspirou muitos outros avanços e ajudou a empurrar o mundo para frente. Esperamos que nossas novas criações no Google façam a mesma coisa".

Lançado no início de 2009, o Bump já foi o oitavo app gratuito mais baixado da história da App Store, a loja de aplicativos da Apple para iPhone e iPad. O serviço permite o compartilhamento de conteúdos, como arquivos e imagens, apenas encostando um aparelho em outro, mesmo que os dispositivos possuam sistemas operacionais diferentes - a troca de uma foto entre um smartphone com sistema Android e outro com iOS, por exemplo. A tecnologia não depende de Bluetooth ou NFC, apenas de uma conexão à internet.

O mecanismo de troca de dados foi tão popular que até o PayPal adotou o sistema na realização de transações financeiras. Ao perceber tal sucesso, o Google adquiriu a empresa em setembro de 2013 por valor estimado entre US$ 30 milhões e US$ 60 milhões, mas o futuro do aplicativo era incerto até então.

Ao que tudo indica, o serviço não tinha mais tanta utilidade depois do lançamento do Android Beam em 2011, um app nativo com funções aprimoradas do Bump e que deve incorporar uma série de novas melhorias nas próximas versões do sistema operacional. Os mais prejudicados nessa história, no entanto, devem ser os donos de smartphones e tablets com iOS, já que a partir do final do mês esses usuários terão apenas o AirDrop disponível.

Já o Flock é um aplicativo que trabalha com o compartilhamento de imagens, criando automaticamente álbuns de fotos dos lugares e pessoas registradas com a câmera fotográfica do aparelho.

O Bump e o Flock serão retirados da App Store e da Google Play no dia 31 de janeiro. Após esta data, eles deixarão de funcionar entre usuários que mantiverem os programas instalados em Androids e iPhones e os dados de todos os utilizadores serão deletados.

Para salvar os arquivos armazenados, basta entrar nos dois apps e seguir as instruções para exportar as informações. O Google afirma que irá enviar um link por e-mail com todos os dados salvos pelos usuários em seus aplicativos para facilitar na hora de fazer o backup dos arquivos.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.