Lulu passa a exibir somente homens cadastrados e libera acesso a notas obtidas

Por Redação | 16 de Dezembro de 2013 às 12h24

O aplicativo Lulu, que chegou em novembro ao Brasil causando polêmica – pois permite que mulheres avaliem anonimamente seus amigos do Facebook – anunciou duas mudanças exclusivas para o país. A primeira é que a partir desta segunda-feira dia 16, somente homens que optarem por participar do Lulu serão avaliados no aplicativo, e a segunda é que o Lulu permitirá até o Natal que os homens tenham acesso à sua nota na brincadeira, informação que até agora estava disponível somente para mulheres.

Para ter acesso à nota, o usuário deve acessar a página criada para isso e aceitar os termos, para então colocar o nome em uma lista de espera, para em breve recebê-la por email. O acesso às informações detalhadas do perfil para os homens vai estar disponível apenas neste site, como um "presente de natal", e após o dia 25, sairá do ar.

Lulu Bom Partido

"O Brasil é o país número 1 para o Lulu em número de usuários. O que demoramos nove meses para alcançar nos Estados Unidos, no Brasil levou apenas três semanas, e nós somos muito grandes nos Estados Unidos: uma em cada quatro universitárias usam o Lulu", disse ao Terra a diretora global de Marketing do Lulu, Deborah Singer, afirmando ainda que as mudanças não estão relacionadas aos problemas na justiça, e sim foi motivada pelos pedidos dos usuários.

Desde o lançamento por aqui, o aplicativo conseguiu mais de 3 milhões de usuárias e mais de 500 mil homens fizeram login no sistema, e muitos deles enviaram pedidos para ter acesso às notas.

Quer ver sua nota até o Natal? Então acesse o site BonsPartidosNoLulu.com e inscreva-se na lista.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.