Gartner: 93% dos aplicativos móveis baixados até 2016 serão gratuitos

Por Redação | 12.09.2012 às 16:26

O grupo Gartner publicou nesta terça-feira (11) uma nova pesquisa sobre aplicativos móveis na qual afirma que até 2016, 93% de todos os aplicativos baixados por usuários de smartphones e tablets serão gratuitos. E já em 2012, 90% das mais de 46,6 bilhões de aplicações baixadas também serão gratuitas.

A pesquisa mostra que aproximadamente 40,1 bilhões de aplicativos baixados serão gratuitos, enquanto os pagos contabilizarão apenas cinco bilhões. E em 2016, os usuários de aparelhos móveis irão fazer download de aproximadamente 309 bilhões de apps gratuitos.

"Em termos de aplicativos que os consumidores estão comprando, 90% do capital destinado para downloads é de US$ 3 cada (cerca de R$ 6)", afirmou Sandy Shen, diretora do Gartner. "Similar aos aplicativos gratuitos, os mais baratos irão conduzir a maioria dos downloads. Apps entre US$ 0,99 e US$ 2,99 (R$ 1,99 e R$ 6,03, respectivamente) serão responsáveis por 87,5% dos pagamentos por download em 2012, e 96% em 2016".

Aplicativos smartphones

A empresa também estima o crescimento no número de downloads de aplicações com compras in-app

A preferência dos consumidores por aplicativos gratuitos ou baratos não obriga os desenvolvedores a criarem outras soluções para lucrar com seus produtos. No entanto, eles poderão oferecer downloads gratuitos, mas com recursos extras que podem ser adquiridos mediante pagamento dentro da própria aplicação.

O estudo mostra que o download de aplicativos com opções de compra interna deverá aumentar em torno de 5% em comparação com 2011 e, até 2016, devem atingir o total de 30%. O crescimento desse tipo de aplicativos irá aumentar a receita das lojas de 10% até 41% no mesmo período.

OGartner ainda afirmou que, atualmente, a Apple detém a maior loja de aplicativos e que até o final deste ano deverá receber mais de 21 bilhões de downloads, um aumento de 74% em comparação com o ano anterior. A empresa ainda prevê que a Apple, o Google e a Microsoft serão os principais líderes no mercado de aplicações.

E para o ano de 2013, a empresa prevê que mais de 73 bilhões de aplicativos móveis serão baixados em todo o mundo. 90% desse montante será composto pelo download de aplicações gratuitas. O número total de downloads também deverá aumentar para 119,8 bilhões em 2014, 188,9 bilhões em 2015 e 287,9 bilhões em 2016.