Com botão para desfazer curtida, versão paga do Tinder será lançada em março

Por Redação | 04.02.2015 às 13:22

Você é usuário do Tinder e curtiu um perfil sem querer, ou então se arrependeu e quer voltar atrás? Será possível corrigir esse "erro" a partir do mês que vem, quando o Tinder Plus, versão paga do serviço, passará a trazer esse recurso. A edição premium da rede social oficial da pegação estará disponível primeiro nos Estados Unidos e ainda não tem previsão de chegada ao Brasil.

Além da função “Desfazer”, o Tinder Plus conta também com um recurso chamado “Passaporte”, opção para o usuário encontrar pessoas de fora da sua região geográfica — eis aí uma funcionalidade ideal para ser utilizada antes de uma viagem, por exemplo. A atualização será disponibilizada tanto para iOS quanto para Android e, para o futuro, deve ganhar mais recursos, de acordo com o feedback dado pelos próprios usuários.

Teste de recurso e de preço

Após o anúncio feito no final de outubro de que lançaria uma versão paga, a empresa responsável pelo desenvolvimento do aplicativo passou a distribuí-la em países onde a audiência da ferramenta é grande, como Alemanha, Estados Unidos e Brasil. Ao todo, cerca de 40% dos usuários tiveram acesso prévio às novas funções por meio de compras realizadas dentro do app.

tinder

O Tinder testou não somente a funcionalidade dos novos recursos, mas também a reação dos usuários aos preços cobrados por eles: em alguns casos, as novidades eram vendidas a US$ 0,99 (aproximadamente R$ 2,70), e, em outros, chegavam a custar US$ 19,99 (algo em torno de R$ 55). Apesar de confirmar todas as novidades, definindo inclusive a segunda metade de março como data para lançamento, os desenvolvedores não informaram oficialmente quanto vai custar esse upgrade.

Entretanto, alguns usuários brasileiros já podem testar a atualização, que está sendo oferecida por R$ 7,62, conforme imagem acima.