Carros são apreendidos por uso do aplicativo Uber para caronas pagas

Por Redação | 25.08.2014 às 18:38

No início desta semana, a Secretaria Municipal de Transportes (SMT) da cidade de São Paulo apreendeu três veículos que utilizaram de maneira irregular o aplicativo Uber. Os motoristas cobravam pela carona, o que caracteriza algo ilegal, visto que somente taxistas autorizados podem utilizar o serviço.

Na terça-feira (19), outros dois veículos foram recolhidos no Terminal da Barra Funda e no Terminal Rodoviário do Tietê. Os fiscais que realizaram a apreensão verificaram que os motoristas utilizaram o Uber para prestar serviços de maneira comercial.

O Uber é um aplicativo que conecta passageiros a motoristas por meio de smartphones equipados com iOS e Android e que chegou a São Paulo no dia 26 de junho deste ano. O serviço está presente em diversos países. Com o app, é possível realizar o pagamento via cartão de crédito e calcular o valor com base no tempo e distância percorrida.

A Secretaria Municipal de Transportes esclarece que o serviço realizado pelos motoristas que tiveram seus carros apreendidos é ilegal. Condutores que não são autorizados a fazer transporte remunerado de passageiros terão seus veículos apreendidos caso pratiquem o ato ilegal. Somente veículos com taxímetro regulamentado e autorizado pela prefeitura podem utilizar o Uber ou qualquer outro aplicativo similar.

Na capital paulista, a bandeirada do Uber custa R$ 5. A cada minuto são acrescidos R$ 0,40 e R$ 2,42 a cada quilômetro rodado. O motorista ou passageiro deve preencher um cadastro no site, caso tenha interesse em pedir uma carona ou se tornar um motorista prestador de serviço. Além disso, o condutor deve estar regulamentado junto à Prefeitura de São Paulo.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/08/carros-sao-apreendidos-em-sp-por-uso-do-app-uber-para-caronas-pagas.html