Cansada de ser ignorada, mãe cria app que obriga os filhos a atenderem ligações

Por Redação | 18.08.2014 às 18:50
photo_camera Divulgação

Passar o dia todo em frente ao celular é um vício que começa sem o próprio usuário perceber. E se os adultos já são condicionados a utilizar um smartphone 24 horas por dia, a exposição de crianças e adolescentes a essa tecnologia é ainda pior. Sabendo disso, a norte-americana Sharon Standifird criou uma solução interessante: ela não priva os filhos de mexer no telefone, mas os obriga a atendê-lo sempre que for necessário.

Essa é a ideia do Ignore no More (não ignore mais, na tradução livre), um aplicativo que bloqueia o celular dos menores quando eles ignoram o contato dos adultos. Em entrevista à rede de TV CBS, Sharon contou que decidiu investir no app depois de não conseguir falar com os filhos pelo celular, retratando frustração e preocupação pelo fato de nenhum deles atender o telefone quando ela ligava ou quando enviava mensagens de textos. Tudo era ignorado pelos menores, que não tiveram suas idades reveladas.

"Precisávamos desenvolver um aplicativo que bloqueasse completamente seus celulares para não poderem usá-los [se não respondessem]. Então comecei a pesquisar na internet como criar um programa", disse Sharon. Após meses trabalhando com desenvolvedores, a ferramenta foi finalmente lançada, e está disponível atualmente para aparelhos com sistema operacional Android. Uma versão para iPhone também está a caminho.

Funciona assim: com o app instalado no smartphone dos pais e dos filhos, os adultos podem bloquear remotamente o aparelho do menor se ele não atender suas ligações. Uma vez efetuado o bloqueio, praticamente todas as funções do dispositivo ficam travadas, com exceção dos números de emergência (hospital, bombeiros) e de nomes pré-determinados, como o do pai ou da mãe.

Toda vez que o adulto bloquear o aparelho, será preciso criar uma nova senha de quatro dígitos, e apenas o maior responsável tem a senha que destrava o telefone do filho. A única maneira de desbloquear o smartphone é entrando em contato com o adulto pedindo a senha. De acordo com Sharon e a empresa que a ajudou a desenvolver o aplicativo, é praticamente impossível que as crianças desinstalem ou desativem o app de seus celulares - e se tentarem, o pai ou a mãe recebem um e-mail avisando do ocorrido.

"Quando você bloqueia o telefone dos seus filhos com o Ignore No More, eles só têm duas opções: ou ligam de volta ou chamam um número de emergência. Sem telefonemas para amigos, mensagens de texto, sem jogos, até que te liguem de volta", diz o site do aplicativo.

Sharon Standifird

App Ignore No More bloqueia o telefone do adolescente até ele ligar de volta para os pais. (Foto: Divulgação/Google Play)

Até agora, o app tem se mostrado um verdadeiro sucesso, principalmente entre os pais, que encontraram uma forma de se comunicar com os filhos em uma geração dominada (e viciada) pelos tablets, smartphones e outros dispositivos móveis. Sharon disse que um de seus filhos, Bradley, agora responde ligações e mensagens de texto bem mais rapidamente do que antes porque sabe que se não o fizer terá seu celular bloqueado. O garoto, por sua vez, acha a ideia boa, mas não para ele.

O Ignore no More roda em aparelhos com Android 3.0 ou superior e custa R$ 4,51 na Google Play Store. Há também um site próprio do serviço, mas pela quantidade de acessos nos últimos dias é provável que você enfrente lentidão para acessá-lo.