Agora é oficial: Facebook lança Slingshot, app concorrente do Snapchat

Por Redação | 18.06.2014 às 09:32
photo_camera Divulgação

Na manhã desta terça-feira (17), uma fonte anônima garantiu que o Facebook lançaria no mesmo dia o Slingshot, concorrente do Snapchat. Dito e feito: a empresa disponibilizou oficialmente seu novo aplicativo nas lojas de apps do Android e do iOS. Ele já tinha aparecido semana passada na App Store, mas foi removido sem explicação porque o programa teria sido liberado por acidente.

Basicamente, o Slingshot tem a mesma proposta do Snapchat, ou seja, enviar imagens e vídeos de até 15 segundos de duração que se autodestroem logo em seguida. Também é possível fazer desenhos e anotações nos arquivos enviados. A diferença em relação ao principal rival é que o aplicativo do Facebook só desbloqueia o conteúdo recebido depois do usuário responder o remetente com uma foto ou vídeo. Após visualizá-los, o internauta ainda pode enviar comentários rápidos antes do conteúdo se autodestruir.

"Com o Slingshot, queremos construir uma plataforma na qual todos são criadores e ninguém é apenas espectador. Quando todos participam, há menos pressão e mais criatividade, e até mesmo as pequenas coisas da vida podem se transformar em incríveis experiências compartilhadas", disse a equipe do Slingshot no blog oficial do serviço.

Um detalhe impotante é que, uma vez enviado o conteúdo, se o destinatário optar por não respondê-lo, a mensagem desaparece para sempre sem nunca ter sido vista. Dessa forma, a obrigatoriedade de enviar uma foto e vídeo para o outro usuário é quase como um sistema justo de troca. Outro diferencial é o botão "Select All", que seleciona e envia a mesma mensagem para todas as pessoas da lista. Este recurso não existe no Snapchat, que permite enviar fotos para uma só pessoa ou deixá-las no "Story", no qual poderão ser visualizadas pelos seus amigos pelo período de 24 horas.

Slingshot

App permite o envio de imagens e vídeos que se autodestroem depois de visualizados (Imagem: Divulgação/Slingshot)

Fora isso, o funcionamento do Slingshot também é semelhante ao do Snapchat. Ao acessá-lo, o usuário já se depara com a câmera, que é usada para fotografar ou filmar. Tocar a tela rapidamente bate uma foto, enquanto manter a tela pressionada ativa a gravação do vídeo. Além disso, o aplicativo funciona de forma independente ao Facebook, o que significa que não é necessário ter o app da rede social instalado previamente.

"Fotos e vídeos que não duram para sempre permitem compartilhar o que é mais expressivo, cru e espontâneo. Podemos nos conectar da mesma forma que gostaríamos de viver: no momento. Nós gostamos de usar o Snapchat para enviar mensagens efêmeras e esperamos que surja uma variedade de apps que explorem esta nova forma de compartilhamento. Com o Slingshot, vimos uma oportunidade de criar algo novo e diferente: um espaço onde você pode compartilhar momentos diários com muitas pessoas ao mesmo tempo", afirmam os desenvolvedores.

O Slingshot é o segundo aplicativo produzido pelo Facebook Creative Labs – o primeiro é o Paper. Por enquanto, o serviço está disponível gratuitamente apenas na Google Play e na App Store norte-americana e roda em dispositivos equipados a partir do iOS 7 e do Android 4.1.