Kaspersky e Microsoft lideram ranking de antivírus mais eficazes

Por Felipe Demartini | 18 de Agosto de 2020 às 12h11
Mohamed Hassan/Pixabay

A comunidade costuma dizer que a maior proteção de um dispositivo online é o próprio usuário, mas não há mal nenhum em ter um bom software de segurança agindo e ajudando a proteger o computador de uma ameaça. E nesse quesito, uma pesquisa divulgada no Reino Unido pintou um panorama positivo para os softwares dessa categoria, com Kaspersky e Windows Defender, da Microsoft, liderando o ranking de produtos mais efetivos do ramo.

Os testes da SE Labs foram realizados a partir das falhas mais comuns, tanto a partir de pragas de divulgação massificada ou aquelas usadas em ataques direcionados. Além disso, para garantir a confiabilidade, os pesquisadores também testaram a capacidade dos softwares antivírus de reconhecerem softwares legítimos corretamente, de forma a não gerarem falsos positivos a partir de soluções confiáveis.

Como dito, o Kaspersky Internet Security e a versão para consumidores do Windows Defender foram as únicas com 100% de sucesso em ambos os quesitos. Entretanto, isso não significa que os outros são, de alguma forma, inseguros, com o McAfee Internet Security também apresentando um total de 100% de detecções de ameaças, com 98% de eficácia na detecção de soluções legítimas.

Abaixo no ranking, mas ainda com números bastante significativos está o Symantec Norton Security e o Sophos Home Premium, ambos com 99%, seguidos do F-Secure Safe (97%), Trend Micro Internet Security (96%) e Avast Free Antivirus (95%). Todos, com exceção do último, aparecem com graduação geral de 99% de proteção quando se leva em conta a detecção de softwares legítimos como tal.

Em números absolutos, o estado atual de segurança digital para o consumidor se mostra ainda mais forte. De acordo com a pesquisa, as soluções da Kaspersky, McAfee, Microsoft, Symantec, Trend Micro e Sophos foram capazes de bloquear todos os tipos de ataques usados pela SE Labs nos testes; Avast, AVG, Comodo e F-Secure deixaram apenas um deles, do tipo público, passar. No geral, todos os golpes direcionados foram bloqueados pelas soluções testadas.

Na parte inferior da tabela, todos com totais ainda assim considerados positivos, estão o G-Data Internet Security (96%), Avira Free Security Suite (95%), Comodo Internet Security (94%) e Webroot Antivirus (93%). Aqui, apenas os dois últimos receberam graduação AA da SE Labs, enquanto todo o restante obteve nota máxima dos especialistas da empresa, aparecendo entre as soluções mais confiáveis e protetoras do mercado.

Todos os antivírus testados obtiveram índice de detecção e proteção acima dos 90%, com apenas duas soluções recebendo graduação abaixo da máxima (Imagem: Divulgação/SE Labs)

Foram considerados como ataques públicos aqueles que são propagados em massa por diferentes vetores, levando os usuários a executarem arquivos maliciosos ou rodarem scripts que permitam o download de pragas desse tipo em segundo plano. Já os direcionados, como o nome já diz, envolvem táticas mais sofisticadas para enganar os usuários, ainda que o objetivo final seja semelhante, a infecção dos dispositivos com malwares que roubam ou sequestram dados ou desviam informações sensíveis para servidores sob o controle dos hackers.

No total, foram testados mais de mil tipos diferentes de ameaças entre as que mais atingiram usuários finais e corporativos entre os meses de abril e junho de 2020. Por mais que os resultados tenham sido positivos, a SE Labs destaca o formato diferente de detecção e bloqueio usado pelos softwares, que também podem ser aproveitados pelos hackers na evolução dos golpes. Algumas soluções, por exemplo, bloqueiam completamente o acesso a URLs suspeitas, enquanto outros permitem isso e até o download de arquivos maliciosos, bloqueando sua execução na própria máquina ou protegendo os arquivos em zonas de quarentena do sistema operacional. Tais fatores também foram levados em conta na graduação das aplicações.

Fonte: SE Labs

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.