O que acontece quando o antivírus coloca um arquivo na quarentena?

Por Bruna Rasmussen

Quando um antivírus escaneia seu computador em busca de malware, pode acontecer de ele encontrar um arquivo suspeito, mas sem confirmação de que é um vírus de fato. Dessa forma, esse arquivo é colocado em quarentena, geralmente uma pasta criptografada gerenciada pelo antivírus, como uma espécie de jaula de proteção, para que o possível vírus não se espalhe pelo sistema operacional.

Então, o arquivo suspeito fica sob monitoramento do software antivírus a fim de averiguar se a ameaça é ou não real e ele não poderá ser utilizado pelo usuário, mesmo que se trate de um componente de outro software, por medidas de segurança.

É possível ainda que, apesar de ser constatada a presença de um malware, o antivírus não conte com ferramentas para combatê-lo. Sendo assim, a quarentena também é uma alternativa nesses casos e lá o arquivo fica até que o antivírus seja atualizado com novas armas.

Ter um antivírus instalado em seu computador é fundamental. Afinal, a cada dia que passa mais e mais ameaças são liberadas na rede e podem comprometer a sua segurança. Se você ainda não tem um antivírus instalado, o Canaltech sugere algumas opções gratuitas, como o Avast! e o AVG.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.