O que acontece quando o antivírus coloca um arquivo na quarentena?

Quando um antivírus escaneia seu computador em busca de malware, pode acontecer de ele encontrar um arquivo suspeito, mas sem confirmação de que é um vírus de fato. Dessa forma, esse arquivo é colocado em quarentena, geralmente uma pasta criptografada gerenciada pelo antivírus, como uma espécie de jaula de proteção, para que o possível vírus não se espalhe pelo sistema operacional.

Então, o arquivo suspeito fica sob monitoramento do software antivírus a fim de averiguar se a ameaça é ou não real e ele não poderá ser utilizado pelo usuário, mesmo que se trate de um componente de outro software, por medidas de segurança.

É possível ainda que, apesar de ser constatada a presença de um malware, o antivírus não conte com ferramentas para combatê-lo. Sendo assim, a quarentena também é uma alternativa nesses casos e lá o arquivo fica até que o antivírus seja atualizado com novas armas.

Ter um antivírus instalado em seu computador é fundamental. Afinal, a cada dia que passa mais e mais ameaças são liberadas na rede e podem comprometer a sua segurança. Se você ainda não tem um antivírus instalado, o Canaltech sugere algumas opções gratuitas, como o Avast! e o AVG.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.