Google remove bloqueador de anúncios da Samsung da Play Store

Por Redação | 04 de Fevereiro de 2016 às 08h50

Nesta semana, a Samsung anunciou que o seu navegador para dispositivos Android permitiria que os usuários bloqueassem anúncios de páginas da internet. No entanto, poucos dias depois de entrar na Play Store, o adblocker da marca foi removido da plataforma. Isso aconteceu porque o aplicativo violava as orientações para desenvolvedores, segundo informou o Google.

O "Adblock Fast" é um plugin desenvolvido para funcionar com o browser da Samsung, permitindo que os usuários naveguem até mesmo de maneira mais rápida, já que o plugin impede o carregamento de banners e anúncios dentro das páginas. De acordo com Brian Kennish, da Rocketship, desenvolvedora do software em conjunto com a sul-coreana, o Google entendeu que o Adblock Fast viola a seção 4.4 do "Acordo de Distribuição para Developers".

Kennish recebeu uma mensagem do Google informando sobre a violação dos termos. "Informo que o aplicativo em questão foi desativado como forma de punição por conta desta violação", afirmou a gigante de buscas. "Lembre-se que você concordou em seguir o Programa de Políticas para Desenvolvedores da Google Play".

Apesar da remoção do plugin para o navegador da Samsung, dois novos plugins de bloqueio de anúncios surgiram na Play Store. Ainda não se sabe se estes serviços conseguiram passar despercebidos pelo Google ou se a Rocketship realizou algum outro tipo de violação que os demais plugins não fizeram.

A publicidade é o principal negócio do Google, que passou recentemente a ser a empresa mais rentável do mundo. Assim, não é surpresa alguma que a companhia seja contra os adblockers, especialmente quando eles estão ligados às suas plataformas, como a Play Store e o YouTube.

Fonte: The Verge

Fonte: http://www.theverge.com/2016/2/3/10905672/google-samsung-adblock-fast-android-ad-blocker-removal

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.