Google remove aplicativo do Talibã da Play Store

Por Redação | 05 de Abril de 2016 às 18h16

O Google removeu da Play Store o aplicativo Alemarah, de autoria do grupo extremista islâmico Talibã. Conforme revelou o site da BBC, o app estava repleto de comunicados e vídeos oficiais do movimento, tudo no idioma afegão. A intenção do serviço lançado há poucos dias era fazer propaganda do grupo e alcançar uma audiência global.

Apesar de o próprio grupo alegar ter sido o responsável pela saída da aplicação da loja oficial do Android, é bem mais provável que ele tenha sido removido devido a violações nas políticas de uso da plataforma.

Ainda de acordo com a BBC, a organização Site Intel Group, que monitora a ação de grupos jihadistas na internet, descobriu o aplicativo e fez uma denúncia junto ao Google. “Nossas políticas são desenvolvidas para oferecer uma melhor experiência para os nossos usuários e desenvolvedores. É por isso que removemos da Google Play os aplicativos que violam estas políticas”, informou o Google em comunicado, sem citar o caso do Alemarah de maneira específica.

Fonte: BBC

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.