Funcionário da Google confirma que Android Q virá com dark mode nativo

Por Rafael Rodrigues da Silva | 07 de Janeiro de 2019 às 18h25
Google
Tudo sobre

Google

Já há algum tempo, a Google tem dado indícios de que pretende implementar um dark mode (modo noturno) no Android, e no último ano já vimos a empresa implementando essa função em alguns de seus principais aplicativos, como o YouTube, o Google News, o Maps e o Pixel Launcher.

Muita gente esperava que a versão atual do Android (o Pie) já viesse com um dark mode nativo — o que acabou não acontecendo —, mas há indícios de que a próxima versão do sistema operacional (que ainda não possui nome oficial e é conhecida apenas como Android Q) já chegue com o dark mode como uma de suas funções de fábrica.

De acordo com uma postagem feita no fórum de bugs do Chromium (o projeto de navegador de código aberto no qual o Chrome se baseia), o funcionário do Google Lukasz Zbylut confirmou que o dark mode é uma das funções que já foram pré-aprovadas para fazer parte do Android Q, e que o time pede para que todos os desenvolvedores dos apps que virão com a nova versão do sistema operacional atualizem os elementos de UI para suportarem nativamente o novo modo até maio de 2019. Apesar de o administrador ter alterado as permissões da thread para impedir o acesso de pessoas que não possuem relação profissional com a Google, o tópico ficou aberto por tempo suficiente para que os usuários tirassem prints da mensagem.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mensagem postada no Chromium Bug Tracker que confirma o dark mode para o próximo Android (Captura: Ryne Hager)

De acordo com o print, é possível ver a confirmação de que não só a próxima versão do Android, mas também o próprio Chrome em si terá suporte ao modo noturno. A empresa já está pensando em habilitar a função não apenas para o navegador, mas também para funcionar em todas as páginas que serão carregadas por ele (qualquer site que ele abrir, independente de como o código foi configurado).

A principal vantagem deste tipo de modo é que, por utilizar cores mais escuras e tendentes ao preto, o sistema exige uma quantidade menor de pontos a serem iluminados na tela, o que garante uma enorme economia de bateria para o aparelho. O único porém é que essa thread data do dia 31 de outubro (e, por se tratar de algo postado em um fórum que apenas funcionários do Google costumam acessar, foi descoberta só agora) e, desde então, mais nenhuma novidade surgiu sobre o assunto, então não podemos descartar a possibilidade da Google ter alterado seu cronograma e a função não ser mais algo nativo do Android Q. Só teremos mesmo a certeza de uma novidade dessas quando a Google começar a fazer as primeiras revelações sobre o novo Android ainda este ano.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.