Apps que usam recursos de acessibilidade podem ser eliminados da Play Store

Por Redação | 13 de Novembro de 2017 às 15h43

Aplicativos como o LastPass e Universal Copy podem estar com os dias contados na Play Store. Isso porque problemas relacionados a uso malicioso de recursos de acessibilidade no Android podem tornar esse tipo de aplicativo não confiável para o usuário.

A Google está enviando um comunicado a desenvolvedores de aplicativos que usam esses recursos informando algumas mudanças em suas diretrizes. Entre elas, está a obrigatoriedade de esses apps somente beneficiarem pessoas com deficiências e, caso isso não seja possível dentro de um período de 30 dias, a empresa optará por não oferecer os aplicativos em sua loja. Outra opção para que os apps continuem constando na Play Store seria retirar os recursos de acessibilidade de seu funcionamento.

Com a decisão, usuários de Android já estão preocupados. Afinal, um dos grandes atrativos do sistema é justamente a quantidade variada de maneiras de usar a seu gosto, aprimorando a experiência do usuário. E, caso você não seja uma pessoa com algum tipo de deficiência que precise contar com a acessibilidade em seu uso diário dos aplicativos, ainda assim poderá ser afetado.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Isso porque vários apps contam com esse recurso para executar suas funcionalidades, como é o caso do LastPass, que preenche automaticamente senhas de sites e aplicativos, facilitando a vida de usuários em geral. Ainda, o Universal Copy usa a acessibilidade do aparelho para capturar textos de apps que normalmente não permitem a cópia. Ou seja: sem o uso de recursos de acessibilidade, esses e outros apps terão que mudar seu funcionamento, ou fechar as portas.

Tudo isso por conta de desenvolvedores que usam a API de acessibilidade da Google como um meio de roubar dados dos usuários, deixando em maus lençóis toda a gama de desenvolvedores que contam com os mesmos recursos para aprimorar seus apps. Portanto, apesar de haver a possibilidade de prejudicar alguns usuários, a decisão da Google de alterar as diretrizes de uso de sua API de acessibilidade tornará o Android mais seguro.

Fonte: Android Central, PC World

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.