Apps Android estão vigiando seu smartphone e vendendo seus dados sem você saber

Por Redação | 06 de Maio de 2015 às 08h53

Ao contrário da App Store, a Google Play possui uma política muito mais permissiva de controle de entrada de aplicativos. A loja mobile do Google apenas impede a entrada de aplicativos claramente mal-intencionados, diferente da Apple, que controla cuidadosamente a inserção de cada app em sua loja.

Por conta dessa política mais liberal, alguns aplicativos presentes na Google Play estão compartilhando os dados do usuário através de conexão com serviços de publicidade e rastreamento de localidade sem o consentimento dos usuários, o que é ilegal.

A pesquisa que revelou essa descoberta foi realizada pelo MIT Technology Review e envolveu mais de 2 mil aplicativos Android gratuitos baixados diretamente da Google Play. O resultado revelou que os aplicativos estão conectados com 250 mil URLs diferentes, sendo que em alguns casos os aplicativos estavam ligados a 2 mil URLs únicas.

Essas URLs foram comparadas com uma lista de sites relacionados com anúncios publicitários disponível em um banco de dados chamado EasyList e um banco de dados de sites de rastreamento de usuário chamado EasyPrivacy, ambos compilados para o projeto open source AdBlock Plus.

URLs em aplicativos Android

O cruzamento dos dados revelou que a maioria dos aplicativos tentava se conectar a cerca de 500 URLs de sites de anúncios ou de rastreamento. Estes sites, além de colherem dados dos usuários para própria utilização a fim de melhorar a exibição de anúncios, podem compartilhar ou vender os dados para outras companhias sem consentimento do usuário. Vale lembrar, porém, que muitos destes sites são vinculados ao serviço de publicidade do próprio Google.

Felizmente, os pesquisadores estão trabalhando em uma solução para os dispositivos Android. Um novo aplicativo chamado NoSuchApp está sendo desenvolvido para monitorar o tráfego de saída de um smartphone a fim de revelar quais apps estão se conectando a sites externos e enviando as informações dos usuários sem o conhecimento deles.

Talvez esse seja o momento para o Google começar a monitorar com mais rigor a entrada de aplicativos em sua loja mobile.

Fonte: MIT Technology Review

Fonte: http://www.slashgear.com/free-android-apps-found-tracking-personal-data-04381876/

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.