Android vai passar a indicar aplicativos “fominhas” de bateria

Por Redação | 10 de Novembro de 2017 às 10h50
Tudo sobre

Google

Uma nova funcionalidade do Android Oreo vai ajudar o usuário a identificar os aplicativos que estão acabando com a bateria do smartphone. Por meio de uma notificação, que aparecerá mesmo com a tela bloqueada, a plataforma vai indicar apps que estejam gerando o maior consumo no momento, bem como aqueles que podem estar impedindo o aparelho de entrar em modo de repouso.

A mensagem aparece mesmo com a tela bloqueada e também mostrará exatamente o que o aplicativo em questão está fazendo para gastar tanta energia. Situações como desbloqueios automáticos, requisições constantes aos serviços de localização ou atualizações desnecessárias, entre outras ações, também serão indicadas ao usuário, de forma que ele possa não apenas fechar o software, mas também tomar as atitudes para evitar que o problema continue a acontecer.

Google quer melhorar gerenciamento de bateria no Android Oreo (Imagem: Phone Arena)

O sistema também funcionará por meio das configurações do aparelho, onde os maiores fominhas de bateria agora aparecerão com um ícone vermelho a seu lado. A partir da interface, também será possível forçar o fechamento das aplicações, bem como desabilitar alguns de seus recursos, como o acesso ao GPS ou à rede de dados móveis, por exemplo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, o Android vai ganhar um sistema aprimorado de predição do tempo restante de bateria. A ideia é dar uma métrica mais realista do tempo restante, tanto para a finalização do carregamento quanto da autonomia.

A novidade, por enquanto presente apenas na versão prévia para desenvolvedores do Android, é mais uma das diversas funções antes desempenhadas somente por softwares de terceiros, mas que agora a Google deseja transformar em solução nativa do sistema.

Por enquanto, não existe data prevista para lançamento das novas opções de gerenciamento de bateria, como normalmente acontece em soluções que ainda estão em caráter de testes. Sua liberação no ambiente de desenvolvimento, entretanto, é um dos últimos passos para disponibilidade geral, então a expectativa é que o recurso chegue às mãos de todos bem em breve.

Fonte: PhoneArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.