Android supera Windows como sistema operacional mais usado do mundo

Por Redação | 03.04.2017 às 11:32

Foi-se o tempo em que o Windows era o maior sistema operacional do mercado. Embora a Microsoft ainda tenha uma base de usuários gigantesca, outra empresa acaba de superá-la com uma plataforma de bolso. Sim, o Google acaba de assumir a liderança graças ao Android, que passa a ser o sistema mais popular do mundo.

A constatação foi feita pela empresa Statcounter, especializada na realização de pesquisas e estatísticas. Segundo a companhia, no último mês de março, os usuários do Android representavam 37,93% de atividade em suas redes, ao passo em que o Windows trazia “apenas” 37,91%. A diferença é pequena, mas é a primeira vez que a Microsoft perde a liderança, o que é algo bem significativo e até mesmo histórico, pois mostra como o mercado mobile está em exponencial crescimento enquanto a linha de desktops e notebooks ainda segue em uma aparente letargia ao longo dos últimos anos.

Por outro lado, como aponta o site TechCrunch, esses valores não são absolutos, mas apenas referenciais. A Statcounter computa somente a utilização e não número de usuários, o que pode criar algumas distorções. Ainda assim, continua sendo uma virada interessante na realidade do mercado, principalmente quando lembramos que a análise é feita com base no acesso a determinados sites. Ao todo, são 2,5 milhões de páginas que integram o banco de dados, o que gera algo próximo de 15 bilhões de visualizações em um único mês — ou seja, um bom referencial para analisar o perfil desse usuário.

Pesquisa mostra queda do Windows ao longo dos últimos 5 anos e crescimento do Android no mesmo período

A empresa até liberou um gráfico que mostra a evolução desses números ao longo dos últimos cinco anos. O Windows teve uma queda absurda em sua participação do mercado. Em março de 2012, o sistema da Microsoft representava mais de 80% do mercado e, desde então, segue em franca disparada com apenas alguns poucos pontos de respiro — como no lançamento do Windows 10 —, mas sem grandes reviravoltas. Não por acaso, atualmente conta com apenas 37,91% de participação.

Já em relação ao Android, a curva é oposta. Há cinco anos, o sistema não respondia nem mesmo por 5% dos usuários, ficando abaixo do iOS e do OS X. Contudo, ele seguiu crescendo até chegar ao nível atual. E, se o começo foi tímido, as coisas começaram a melhorar bastante já a partir de 2014, quando o aumento fica cada vez maior.

Outro dado curioso diz respeito à Apple. Ainda que seus sistemas não ocupem uma parcela muito grande do mercado (um pouco mais de 10% para o iOS e menos ainda para o OS X), a empresa também viu a mudança de perfil em seus usuários ao longo desse mesmo período. Em 2012, tinha mais gente usando o sistema de notebook e computador do que seu equivalente móvel. Porém, o número de usuários do OS X permaneceu praticamente estático durante esse tempo, enquanto o número de iPhones dobrou.

Isso mostra que essa mudança de paradigma não diz respeito apenas ao Windows e Android, mas algo geral. As pessoas estão consumindo mais conteúdos pela tela de seus smartphones do que em computadores, que estão cada vez mais destinados a áreas de trabalho do que uso doméstico. E isso ajuda a entender também porque a venda de PCs e notebooks vem caindo ao longo dos últimos anos enquanto smartphones vendem cada vez mais.

Via: TechCrunch