Android Marshmallow chega com permissões individuais e customização de interface

Por Redação | 18.08.2015 às 11:50

Para os usuários de Android, o futuro está chegando. O Google anunciou nesta segunda-feira (17) que a próxima versão do sistema operacional se chamará Marshmallow e, com a divulgação da versão final do SDK da plataforma para os desenvolvedores, acabou revelando também algumas de suas principais funções. Originalmente, o lançamento estava previsto para acontecer no terceiro trimestre deste ano, mas como falta apenas um mês para que ele termine, pode ser que essa chegada aconteça mais para o final de 2015.

Enquanto desenvolvedores de software trabalham para adaptar seus aplicativos para a nova versão e garantir que tudo funcionará corretamente quando os primeiros aparelhos começarem a ser atualizados, surgiram também algumas das novidades da plataforma. Como esperado, o Google volta a apostar no Material Design como principal elemento visual, entregando uma experiência unificada não apenas dentro de seu próprio sistema operacional móvel, mas também em suas aplicações, que, fora dos celulares e tablets, também seguem o mesmo estilo.

Uma das grandes adições, que deve ser comemorada por muita gente, é a chegada das permissões individuais para aplicativos. Por meio da tela de configurações, agora será possível escolher exatamente quais softwares terão acesso a determinadas funções do aparelho. Não quer que um programa utilize a câmera, a internet móvel, mas funcione com o restante? Basta fazer a desativação manual, personalizando seu uso e também a proteção de seus dados.

Outra mudança significativa tem a ver com o System UI Tuner, opção que permitia a personalização da barra de status com a adição ou retirada de ícones. Como se trata de uma opção mais avançada, e estamos nos aproximando do lançamento final do Marshmallow, ela está um pouco mais oculta e, agora, exibe alertas informando que as alterações feitas ali podem acabar prejudicando o funcionamento do sistema. Basta pressionar o botão de configurações, no painel de notificações, por cinco segundos para acessá-la.

Uma última alteração visual está relacionada à animação de boot, que agora ganhou mais movimento e cores. É claro, a não ser que você tenha um celular problemático ou seja um desenvolvedor, é provável que não verá essa cena com frequência, mas, ainda assim, ela recebeu atenção especial do Google justamente por ser a porta de entrada para o novo sistema operacional e a primeira coisa que todos verão assim que fizerem a atualização para o Marshmallow.

A expectativa é que o novo Nexus seja o primeiro aparelho a dar as caras com a nova versão do Android. O aparelho deve ser anunciado nas próximas semanas em uma parceria com a LG – ou quem sabe a Huawei, ou ambas, já que existem rumores apontando para duas versões diferentes do dispositivo. Eles devem chegar também com um sensor de impressões digitais, uma função que deve se tornar marca da plataforma daqui em diante, passando a ser parte do coração do sistema.

Quanto aos outros fabricantes, é possível que o Marshmallow só comece a aparecer como atualização a partir do ano que vem. Muitas empresas liberaram o Lollipop para seus usuários apenas recentemente e a chegada de uma nova versão apenas deve reiniciar o processo de adaptação para companhias e operadoras, antes que as novidades possam efetivamente aparecerem nas mãos dos usuários.

Fonte: SlashGear