Android já tem 1,4 bilhão de usuários em todo o mundo

Por Redação | 29 de Setembro de 2015 às 13h34

A supremacia do Android no mercado mobile é indiscutível. E durante um evento com a imprensa no começo da tarde desta terça-feira (29), o CEO do Google, Sundar Pichai, atualizou a penetração do sistema operacional nesse universo, afirmando que, hoje, já são mais de 1,4 bilhão de usuários da plataforma em todo o mundo.

O número representa um aumento de 40% em relação ao que foi divulgado em junho do ano passado, quanto o Google comemorou a ultrapassagem da marca de um bilhão de usuários. Com esse ritmo de crescimento, a expectativa é que o Android chegue a dois bilhões no ano que vem, uma marca que, agora, é o grande objetivo a ser alcançado para a companhia.

Apesar de ser um aspecto muitas vezes citado como problema por desenvolvedores e especialistas, foi justamente a diversidade do ecossistema que recebeu destaque na fala do executivo. Para Pichai, trabalhar em um ambiente cada vez mais aberto e gigantesco é de “tirar o fôlego” e continua sendo um dos focos principais da atuação da companhia.

Essa marca, normalmente, é usada pelo Google como a prova final da popularidade de suas soluções, e agora, mais uma plataforma entrou nesse time de grandes. Estamos falando do Google Play, que de acordo com Pichai, ultrapassou recentemente a faixa de um bilhão de usuários ativos em todo o ecossistema do Android.

Agora, a loja de aplicativos ocupa seu lugar de destaque ao lado de outras soluções da gigante, como o navegador Chrome, o YouTube e o próprio sistema operacional móvel. Na corrida para chegar a esse panteão está também o Gmail, que conta hoje com 900 milhões de utilizadores e apresenta um ritmo confiante para chegar à marca do bilhão em breve.

No evento, o Google também anunciou seus dois novos aparelhos da linha Nexus, o 6P e o 5X, fabricados respectivamente pela Huawei e LG. Os dispositivos chegam rodando o sistema Android puro, sem alterações proprietárias, e servem como uma base do que é possível fazer com a plataforma em seu potencial máximo, sem modificações e com um hardware apropriado.

Fontes: Google, The Verge

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.