Google retira da Play Store game que incentiva bombardeio a Gaza

Por William Nascimento | 05 de Agosto de 2014 às 11h25

Um jogo disponível para dispositivos equipados com Android foi suspenso da loja de aplicativos do Google, a Play Store. O game incentiva os jogadores a lançar bombas em Gaza, o que trouxe forte descontentamento popular.

O jogo, chamado, Bomb Gaza, estimula os jogadores a serem soldados israelenses que bombardeariam a região de Gaza. O Google não costuma emitir comentários sobre aplicativos específicos. No entanto, um porta-voz da gigante americana disse que o game "foi removido da Google Play pois viola nossas políticas".

O Bomb Gaza foi lançado na semana passada e tinha sido baixado pelo menos mil vezes antes de ser removido da Google Play na segunda-feira (04), de acordo com o jornal inglês The Guardian. O objetivo do jogo era lançar bombas e evitar a morte de civis inocentes.

O jogo coloca um dedo na ferida do atual conflito entre Israel e Palestina, onde os bombardeios deixaram Gaza em ruínas e os mortos já ultrapassam 1700 pessoas, incluindo cerca de 400 crianças, de acordo com a fonte israelense Haaretz.

Bomb Gaza

Um dos comentários redigidos pelos clientes da Google Play dizia o seguinte: "As pessoas são reais. Muitas delas crianças, estão morrendo em Gaza", escreveu George Coote, segundo o The Guardian. "Muitos dos que não foram mortos tiveram lesões sérias, ou perderam alguém no massacre. O sofrimento é real e para fazer luz a isso os criadores falham como um ser humano. Vergonha aos criadores deste jogo, e para aqueles que o jogarem."

O jogo foi desenvolvido pela empresa PLAYFTW, que é dirigida por um homem chamado Roman Shapiro. Outros jogos da desenvolvedora disponíveis são um aplicativo de piano e um game de guerra espacial.

As políticas de aplicativos do Google proíbem acintosamente a violência, o bullying e o discurso de ódio. "Nós não permitimos conteúdo contra grupos de pessoas com base na raça ou origem étnica, religião, deficiência, sexo, idade, gênero, orientação sexual ou identidade".

Fonte: http://www.cnet.com/news/google-yanks-bombgaza-game-for-violating-app-policies/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+cnet%2FNnTv+%28CNET+River+RSS%29#ftag=CADf328eec

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!