Google Play: período de reembolso é expandido para duas horas

Por Redação | 11 de Setembro de 2014 às 11h19

Após um período de testes sem alerta nem aviso, o Google estendeu oficialmente o tempo máximo para reembolso na Google Play Store. Agora, os usuários têm até duas horas para experimentarem os jogos e aplicativos comprados antes de decidirem se querem o dinheiro de volta ou não. Anteriormente, esse prazo era de 15 minutos.

Trata-se de uma política que já é tradicional na loja online da empresa, mas que, agora, se tornou mais flexível. O funcionamento do sistema é exatamente o mesmo: basta abrir o Google Play e, na opção Meus Apps, você poderá selecionar o software em questão que, se elegível, terá as opções de reembolso disponíveis.

Caso o período de duas horas tenha passado, claro, a opção será desabilitada. O usuário é livre para desinstalar o aplicativo de seu celular ou tablet, mas não poderá mais alegar que se arrependeu da compra e pedir o dinheiro de volta. A opção já estava habilitada há algumas semanas, mas só agora foi oficializada pela companhia. As informações são do AndroidPolice.

A novidade vem como uma boa notícia para os indecisos, já que o novo intervalo parece ser um tempo adequado para testes do tipo. Em um passado distante, porém, esse prazo era de 24 horas e foi reduzido para os tão criticados 15 minutos em 2010. Agora, porém, o Google parece estar voltando aos velhos tempos e dando mais opções a seus usuários.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.