Google Play implementará sistema próprio contra vírus, e estuda lista de desejos

Por Redação | 14 de Outubro de 2012 às 18h28

O Google está tomando medidas para resolver o problema de arquivos maliciosos em sua loja online, a Google Play, e resolveu implementar um recurso que irá analisar aplicativos em busca de malwares e vírus conhecidos. A informação é de um fan site chamado Android Police que desmontou e examinou a APK da nova versão do app Play Store.

Parece que, além do scanner de vírus e malware, a empresa também está pensando em integrar um novo recurso de lista de desejos, que trabalharia lado a lado com a Google Play, oferecendo a opção de cartões de presente aos clientes.

Ao analisar a APK da mais nova versão do aplicativo da Google Play, a Android Police encontrou, no código do app, várias referências a um recurso chamado App Check, que apareceram ao lado dos textos do site, indicando que tal recurso estaria pronto para verificar aplicativos em busca de malwares, independentemente de estes apps estarem em processo de download ou já instalados em um smartphone ou tablet.

O App Check alertaria os usuários quanto à presença de códigos potencialmente maliciosos, bloqueando, automaticamente, o aplicativo infectado - a não ser que o usuário resolvesse continuar o download por sua própria conta e risco.

Em função da vulnerabilidade do anti-malware baseado em nuvem do google, este novo recurso acrescentaria uma nova camada de segurança aos dispositivos Android.

Ao desmontar o código, a Android Police também encontrou referências que revelaram um novo recurso de lista de desejos. O recurso, conhecido como Wish List, permitiria aos usuários criar suas listas de desejos e adicionar apps a elas. Assim, outros usuários poderiam usar cartões (Gift Cards) para presentear uma pessoa com um aplicativo que ela gostaria de ter.

A investigação não parou por aí: o pessoal do Android Police ainda encontrou evidências de que o Google está pensando em adicionar uma opção de armazenamento de dinheiro à Play Store, que abriria ainda mais concorrência ante o PayPal e outras empresas de pagamento on-line.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.