Até o final do ano, 1 bilhão de aparelhos Android devem estar em uso

Por Redação | 16 de Abril de 2013 às 18h59

Um bilhão de pessoas ao redor do mundo estarão usando smartphones Android nos próximos seis a nove meses. Pelo menos é o que prevê o presidente do Conselho de Administração do Google, Eric Schmidt.

Na tarde desta terça-feira (16), Schmidt participou de uma conferência do AllThingsD em Nova York, Estados Unidos, e disse que o sistema operacional da empresa continua ganhando força mundialmente. Além disso, ele também disse que dentro de um ou dois anos haverá cerca de 2 bilhões de dispositivos Android circulando por aí.

Atualmente já existem mais de 750 milhões de celulares com sistema Android em uso em 320 operadoras de 160 países, e, como se não fosse o bastante, todos os dias 1,5 milhão de aparelhos Android são vendidos ou ativados. "Nossa meta é chegar a todos", disse Schmidt.

Ele observou ainda que a queda de preços vai ajudar a impulsionar as vendas dos aparelhos, com dispositivos previstos para custar entre US$ 75 (cerca de R$ 150) e US$ 100 (cerca de R$ 200) - pelo menos nos Estados Unidos. Segundo Schmidt, a maioria desses dispositivos de baixo custo virá de fabricantes asiáticos, incluindo a Samsung.

Quando questionado sobre o relacionamento do Google com a fabricante sul-coreana, o executivo disse: "Nós passamos muito tempo com a Samsung, e temos um relacionamento muito bom com eles. Eles têm centenas de milhões de telefones na plataforma Android. Você não verá muita mudança nisso".

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!