Mormaii Fit+: um relógio inteligente que monitora seus movimentos [Análise]

Por Adriano Ponte RSS

Quando um objeto se propõe a ficar no seu pulso, isso quer dizer que um relógio é o mais provável dele ser. No caso da Mormaii Fit+, essa é a proposta principal. O monitoramento vem de brinde. Confira a nossa análise deste acessório e veja o que achamos do gadget.

Quero ser um relógio

O Mormaii Fit+ joga claramente no time dos relógios. O produto é listado dessa forma no site da Mormaii, bem como outros que o revendem. Dessa forma, fica claro que seu principal objetivo é ser uma "peça do tempo", acima de tudo.

Seu preço médio varia bastante de loja para loja, e flutua ainda mais com as diferentes formas e métodos de pagamento. Dessa forma, colocamos que R$ 200 é o preço mínimo possível para adquirir o acessório de pulso.

Existem várias opções de cores, porém recebemos para testes o KIT com duas pulseiras de silicone, sendo amarela e branca. Basta trocar o núcleo do relógio entre as peças e pronto.

Esse núcleo nada mais é que um mostrador digital, com botão para acionamento da tela e ciclo entre as opções do mostrador. Basta um aperto para ativar o visor, e outros apertos individuais para ver passos, distância percorrida, estimativa de calorias, tempo de atividade e período de sono. Um "bip" de relógio é emitido a cada clique, mas tal som pode ser desativo pelo aplicativo que faz par com o relógio.

Esse aplicativo é o Mormaii Fit Plus (para Android e iOS). Para parear o relógio, basta ir em Configurações > Configurações da pulseira > Emparelhar. Via Bluetooth o relógio irá comunicar-se com o celular, e pronto. Do app, você tem acesso a todas as estatísticas geradas pelo relógio, seja no dia atual ou nos anteriores. A cada contato entre o relógio e o APP, os dados são removidos do seu pulso para a memória do seu celular.

Pelo aplicativo é possível configurar seus dados corporais, método de cálculo de distância, medição de sono e outros ajustes. Também pode-se ativar a função de "levantar o pulso para ver as horas".

Bateria

Em uma semana de uso contínuo, nem tivemos sinal de cócegas na bateria, que apenas é mostrada dentro do app, com segmentação de três partes.

Longa duração é algo que esse relógio-pulseira realmente tem, e facilmente podemos ver duas semanas de uso para o gadget (com variação para mais, dependendo da quantidade de vezes que você sincroniza o APP com o bracelete.

Para carregar a peça, basta encaixar no "pendrive" incluso no núcleo lógico, e pronto, ligue no PC para uma recarga completa.

Monitoramento fit

Em geral, o monitoramento dos dados é satisfatório. Existe uma tendência do relógio em jogar para cima alguns valores, "dando uma colher de chá" para você. Mas, com exceção disso, os dados obtidos são bem interessante, a título de curiosidade.
Limitações

Seu propósito é ser um relógio, isso fica claro. Mas, por algum motivo desconhecido, o mostrador é lateral em relação ao posicionamento padrão de um relógio. As horas sempre estarão "deitadas", como se você sempre quisesse checar a hora enquanto pilota uma moto. Também não há modo de mostrar as horas de forma contínua, apesar do display de baixa complexidade.

Já a pulseira que acompanha produto, apesar de ser de silicone, mostra-se um pouco porosa e consegue encardir com bastante facilidade, fugindo do padrão "lava-fácil-quase-não-suja".

O aplicativo do relógio da Mormaii tem dois erros. Um, é o design, que atrapalha a navegação e deixa os olhos BEM confusos com seu padrão de cores de 10 anos atrás. Seguir uma tendência FLAT não só facilitaria a legibilidade das fontes e símbolos, como também bateria com a UI do iOS e do Android.

O outro ponto é o sincronismo. É bem legal ter seus dados compilados ali, mas algumas pessoas necessitam dos dados fora do aplicativo, como o Google Fit, por exemplo. Na hipótese mais básica, exportar seus dados de movimentação diária e sono para uma planilha do Exceljá seria interessante.

Mesmo que nada disso acontecesse, a criação de uma "conta Mormaii" para sincronizar seus dados através de mais de um aparelho é algo lógico. Isso bate de frente com a segurança de AINDA ter suas estatísticas caso seu celular pare de funcionar ou seja formatado.

Mais que isso, falta no app customização do que aparece no bracelete, ou mesmo a opção de customizar a ordem dos itens, evitando dezenas de cliques diários no único botão do Fit+ para chegar na opção que você deseja ver.

Existe um ponto duvidoso sobre esse relógio. Nem na sua embalagem ou mesmo site oficial existe informação sobre a resistência à água. Porém, algumas lojas o listam como "à prova d'água". Esse tipo de informação tem que vir de forma clara, na caixa e no site. Nem vamos levar isso em conta, já temos o suficiente para a análise.

Como o produto se classifica como relógio, faz sentido alguma limitação na parte fitness. Ele faz isso "mais ou menos dentro do esperado", não se supera na experiência nem se destaca por isso. É bem legal monitorar seus últimos 30 dias pelo app, mas ficar preso ali dentro torna toda a coleta de dados do acessório superficial.

Ele não vibra, apenas se comunica com você pelos apitos de um relógio (que podem ser desativados, ok), e também não espelha notificações do seu aparelho.

Conclusão

Mas a questão é: avaliamos ele como relógio, como ele se propõe. Tendo isso em vista, é um acessório com um app incompleto, mas funcional, e com rendimento "ok" para algo que custa cerca de R$ 200, sem importação e com garantia.

Nosso veredito: ele é justo para um relógio-quase-econômico, com bateria de longa duração e estatísticas legais para amadores. Pode ser que seja uma opção mais em conta para estimular você a correr por aí, batendo metas (que podem ser estabelecidas no app e acompanhadas por ele).

E aí? Você perdoa os "problemas" dele pelo pelo? Vale a pena? Conta pra gente!

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome