UMI Super vs Lenovo ZUK Z2 [Comparativo]

Por Wellington Arruda RSS

6907As fabricantes chinesas estão conquistando cada vez mais espaço no mercado, com soluções agradáveis para os consumidores. Pensando nisso, separamos dois aparelhos que ganharam a atenção dos brasileiros por serem baratos e contarem com boas especificações, e colocamos eles para “brigar”. Confira agora quem leva a melhor entre o UMi Super e o Lenovo ZUK Z2.

Construção

Os celulares chineses deixaram de ser “mais do mesmo” e estão cada vez mais únicos, visualmente falando. Estes dois modelos que separamos para este comparativo refletem bem essa teoria.

No UMi Super temos um aparelho construído com alumínio aeroespacial, com detalhes interessantes sob sua carcaça, como o vidro 2.5D e visual arredondado, para uma melhor ergonomia. Ele tem 10 mm de espessura e é um celular bastante pesado, com ~185 g.

Já o ZUK Z2 tem 8.5 mm de espessura e 149 g de peso, sendo relativamente mais confortável que o UMi Super. Ele ainda conta com vidro nos dois lados da peça, e embora seja visualmente mais frágil que o seu concorrente, ele é ergonomicamente melhor.

O leitor biométrico do Super fica na traseira, enquanto que o do ZUK Z2 fica no botão início. Um recurso legal de ambos é que eles trazem botões mais dinâmicos, com uma proposta mais ousada sobre o uso deles no Android.

Ambos trazem suas vantagens na parte estética, com o UMi sendo mais robusto e o ZUK Z2 sendo mais confortável. Considerando isto, aqui vale um empate fácil entre esses dois caras.

Usabilidade e desempenho

O smartphone da UMi traz chipset MediaTek Helio P10 octa-core (1,95 GHz), GPU Mali-T860, 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. Basicamente, ele tem o suficiente para não deixar nenhum usuário na mão nas atividades mais simples, com uma boa folga ainda para usar apps mais pesados.

Já o seu concorrente, o ZUK Z2, se aproxima mais de um smartphone topo de linha. Ele vem com chipset Snapdragon 820 (2x 2.15 GHz e 2x 1.6 GHz), GPU Adreno 530, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento.

O desempenho desses dois modelos está acima da média de qualquer outro vendido aqui no brasil na mesma faixa de preço, e isso fica claro para todos nós. O ZUK Z2, porém, traz o dobro de memória interna, mas sem possibilidade de expansão via microSD como no UMi Super.

O ponto crucial acaba sendo definido pelo software. O smartphone da Lenovo é bem mais otimizado que o da UMi, que por sua vez apresenta alguns bugs bem chatos que nós citamos na análise dele.

Sendo assim, entenda: o ponto aqui vai para o ZUK Z2 pelas otimizações, visto que no quesito desempenho os dois cumprem um ótimo papel.

Display e multimídia

Tanto o UMi Super quanto o ZUK Z2 trazem painéis LTPS, de 5,5” e 5” respectivamente. Ambos contam com resolução Full HD, com densidade de pixels de 401 ppi para o primeiro e 443 ppi para o segundo.

Aqui temos algo bem peculiar: enquanto que o brilho do UMi Super é forte o suficiente para você usá-lo mesmo sob luz solar forte, o do ZUK Z2 é mais baixo, com maior nível de reflexo. Durante a noite, a vantagem vai para o modelo da Lenovo, que não cansa tanto a vista quanto o UMi Super. O lado bom é que os dois trazem qualidade similar, com cores bem definidas e um bom nível de nitidez.

Mas o UMi Super também traz ajustes manuais para o contraste, saturação, brilho, nitidez e temperatura das cores, permitindo que o usuário tenha mais liberdade para configurar o que será exibido. Sendo assim, o ponto de telas vai para ele.

Câmeras

Esses dois celulares têm câmeras de 13 MP, com abertura f/2.0 para o UMi Super e f/2.2 para o ZUK Z2. Mas apesar de ter um sensor mais escuro que o do UMi Super, o smartphone da Lenovo novamente leva uma certa vantagem, embora ela não seja tão devastadora em relação ao seu concorrente.

Acontece que o software novamente faz um trabalho “pela metade” no UMi Super, fazendo com que o pós-processamento não realize as correções necessárias para eliminar ruídos e afins. Já no ZUK Z2 a câmera trabalha melhor, com fotos mais detalhadas e sem aquele problema de distorção de cores.

O HDR também leva mais tempo para funcionar no celular da UMi, e normalmente ele não apresenta o resultado esperado.

Na câmera frontal, o ZUK Z2 se destaca com um sensor de 8 MP (f/2.0). Seu rival, o UMi Super, tem um sensor de 5 MP (f/2.0). Apesar da diferença, o resultado deles dois não é muito distante: a câmera de selfies é o suficiente para um uso simplificado, mas com boas condições de luz é possível fazer fotos boas com eles.

Mas, é claro, considerando todo o conjunto, o ponto de câmeras também vai para o ZUK Z2.

Bateria e acessórios

O duelo de bateria entre esses dois caras é muito interessante. De um lado o UMi Super com 4.000 mAh, e do outro o ZUK Z2 com pouco menos, 3.500 mAh. É inegável que os dois têm baterias potentes o suficiente para aguentar um uso mais pesado, e na prática as coisas são exatamente assim.

Em um teste rodando vídeo por streaming, conectados apenas ao Wi-Fi e com brilho máximo de tela, ambos tiveram uma descarga média de ~16%/hora.

Tenha em mente que os dois conseguem passar um dia inteiro ligados, e após esse período, utilizando redes sociais e ouvindo muita música por streaming, eles conseguem chegar até a manhã seguinte com uma pequena porcentagem de bateria.

Neste caso, como a autonomia deles é bastante parecida, mesmo com o UMi Super tendo mais bateria, fica claro o empate entre eles.

Preço

Estamos lidando com dois celulares chineses e que precisarão ser importados se você quiser comprar qualquer um. A menos que você compre em lojas que também fazem o mesmo, importam os aparelhos. De qualquer maneira, estes são os valores:

  • UMI Super: ~US$ 160-180
  • Lenovo ZUK Z2: ~US$ 170-180

Estes são valores realmente baixos para os dois modelos, isto se compararmos eles com os que são vendidos aqui no Brasil. A diferença entre ambos é mínima, com uma certa variação dependendo da loja que você optar pela compra.

Tenha em mente, porém, que importá-los também pode significar que as taxas alfandegárias sejam adicionadas, então fique de olho.

E, é claro, considerando a compra dos dois apenas visando os preços deles, a compra é válida para qualquer um dos modelos.

Quem ganha?

  • Dois smartphones chineses com ótimas especificações se enfrentaram neste comparativo. Ambos conseguem fazer com que o preço não seja um fator incômodo na hora da compra, logo o nosso resultado ficou da seguinte maneira:

    4 pontos para o UMi Super em: construção, display e multimídia, bateria e preço.
  • 5 pontos para o ZUK Z2 em: construção, usabilidade e desempenho, câmeras, bateria e preço.Tenha em mente, porém, que certamente você não vai se arrepender de comprar nenhum deles. Ambos têm excelente custo-benefício, considerando também que o celular da Lenovo é claramente mais otimizado que o da UMi.

Outra coisa que pode ser determinante na escolha dos usuários é o visual deles: se você prefere algo mais firme, vá de UMi Super. Quer algo relativamente mais ergonômico e de vidro nos dois lados? O ZUK Z2 é a melhor opção.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome