Moto Z Play vs Samsung Galaxy A7 [Comparativo]

Por Adriano Ponte RSS

Atendendo aos pedidos de vocês, preparamos para hoje o comparativo entre Moto Z Play e Samsung Galaxy A7 2016, colocando frente a frente dois nomes de peso. Quem será que leva a melhor?

Construção

Começando pelo Galaxy A7 2016, temos um aparelho com 172 g, mostrando uma construção muito sólida. Ele deixa a impressão de ser um celular compacto com muito aproveitamento de tela. Ele utiliza vidro em sua construção, reforçado com Gorilla Glass 4.

Já o Moto Z Play traz em seus 165g uma construção toda em metal, tratada com nanorrevestimento contra líquidos, sendo resistente à respingos de água. Ele traz ainda os conectores para os módulos "Moto Snaps" na parte de baixo da traseira, assim como o Moto Z Pleno.

Dessa forma temos o ponto dessa seção para o Moto Z Play.

Usabilidade + Desempenho

Para o KIT do Moto Z Play, temos um "Chipset Qualcomm Snapdragon 625", com:

  • CPU Octa-core 2.0 GHz Cortex-A53
  • GPU Adreno 506
  • 3GB RAM
  • 32 GB de armazenamento interno (com suporte microSD)

Já no Galaxy A7 2016, temos um "Chipset Exynos 7580 Octa", com:

  • CPU Octa-core 1.6 GHz Cortex-A53
  • GPU Adreno 405
  • 3GB de RAM
  • 16GB de armazenamento interno (com suporte microSD)

As especificações já dizem, e nossos testes comprovaram que o Moto Z Play oferece um melhor desempenho, com mais velocidade e fluidez.

Ponto para o Moto Z Play.

Display e Multimídia 

Equipando o Moto Z Play, temos uma tela Super AMOLED de 5.5", rodando na resolução FHD (1080p), com ~403 ppi de densidade. Assim temos contraste excelente nas imagens trazidas pelo aparelho, com pretos profundos e misturas de cores o mais puras possíveis, além de equilíbrio de cores sem exageros nem estouros de cor.

Para o Galaxy A7, temos também uma tela Super AMOLED de 5.5", rodando imagens em 1080 x 1920 pixels (fechando em ~401 ppi de densidade), também com excelentes cores, contraste, níveis de preto e ângulos de visualização.

Dessa forma, optamos por empatar ambos os modelos. Raramente no Canaltech ficamos felizes com dois aspectos ao mesmo tempo em dois aparelhos de comparativos, e no caso desses dois DE FATO gostamos muito de ambos os resultados. Um empate, mais que merecido, para ambos.

Câmeras

No Galaxy A7 2016, temos uma câmera de 13 MP, f/1.9, 28mm e OIS. Já na frente, temos 5 MP, f/1.9, 24mm.

As fotos dele trazem boa quantidade de detalhes, ao custo de um pouco mais de ruído. As fotos (tanto na traseira quanto na frente) tendem a lidar muito bem com situações escuras, e mantém níveis de detalhe bons. As cores são capturadas muito bem, porém com alguma tendência em tornar os tons brancos mais "quentes" quando no automático.

Para o Moto Z Play, temos 16 MP, f/2.0 no sensor traseiro, com captura de vídeos em 4K. Já para a frente, são 5 MP, f/2.2 (com captura de vídeos em 1080p). Notaram algo? Exato, não existe estabilização óptica (OIS) no modelo. O Z não é modelo de entrada, portanto é inaceitável que ele não conte com o recurso, dificultando capturas noturnas e abrindo mão de ajudar no dia-a-dia com fotos e vídeos estáveis, sem borrões ou tremores. Existem aparelhos de classe inferior ao Z Play, de outras fabricantes, que contam com estabilização óptica de imagem.

O próprio aparelho pedirá para que você "mantenha a câmera fixa" ao fotografar em qualquer ambiente com um pouco menos de luz. Ao ampliarmos as fotos, fica fácil ver que os nuances de cor morrem graças a uma suavização muito forte nos detalhes. Pessoas, folhas e texturas mais afastadas viram "traços de giz de cera", mostrando a limitação do Z Play para fotos. Paredes e objetos com nuances suaves de um tom de cor ficam "chapados numa cor só" no processo.

Ponto para o Samsung Galaxy A7 2016, com sua câmera acima do desempenho mostrado pelo Z Play.

Bateria e Acessórios

Dentro do Galaxy A7 2016, temos uma bateria de 3300 mAh. Dentro do Moto Z Play, uma de 3510 mAh. São dois smartphones que levam a sério a tranquilidade do usuário em termos de eficiência energética, além de possuírem tanques de respeito para os padrões que consideramos saudáveis aqui na redação.

Porém, um dos modelos consegue fazer um pouco melhor que o outro. Um deles consome 10% da sua bateria por hora de uso contínuo, ao passo que o outro faz melhor ainda, consumindo 8% de bateria por hora em testes idênticos.

Quem disse Moto Z Play acertou, pois ele quem faz este resultado melhor e leva o ponto dessa seção do comparativo.

Preço

Até a data de fechamento deste vídeo, os preços médios dos dois smartphones eram de:

  • R$ 1800 para o Moto Z Play;
  • R$ 1500 para o Galaxy A7 2016;

Ponto para o Galaxy A7 2016

Quem ganha

Finalizamos então desta forma:

  • Galaxy A7 2016 com 3 pontos (em DISPLAY e MULTIMÍDIA, CÂMERAS, PREÇO);
  • Moto Z Play com 4 pontos (em CONSTRUÇÃO, USABILIDADE + DESEMPENHO, DISPLAY e MULTIMÍDIA, BATERIA e ACESSÓRIOS);

E chegamos ao final do comparativo com o Moto Z Play como vencedor da disputa.

Dessa vez as diferenças não foram grandes, portanto fica novamente aquela mensagem: perfil de usuário. Entre os dois modelos, fica claro que ambos são bons telefones, porém item por item neste comparativo fica indicado para qual tipo de usuário eles são orientados. Segundo a pontuação geral, o Z Play é a melhor indicação. Porém, caso algum dos itens onde ele pontua não seja vital para seu dia-a-dia, pode ser que o Galaxy A7 seja uma opção bem válida.

Por isso mesmo, fica a questão: qual dos dois faz mais sentido para você? Moto Z Play, como indica a pontuação, ou Galaxy A7? Conta pra gente nos comentários.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome