LG K4, o irmão caçula da série K de smartphones [Análise]

Por Adriano Ponte RSS

A LG ampliou a sua família de smartphones desenvolvidos para ter apelo entre o público jovem e lançou o LG K4. O gadget pesa 120 g e mede 8.9 mm de espessura, aposta em uma tela de 4,5 polegadas com resolução de 480 x 854 pixels e embarca o Android Lollipop 5.1.1. Além disso, vem equipado com uma CPU quad-core Cotex-A53 de 1,0 GHz, uma GPU Mali-T720MP2 e apenas 1 GB de memória RAM. São 8 GB para memória interna e há suporte para cartões microSD.

Com visual de alguns anos atrás, o LG K4 tem um aspecto diferente daquilo que estamos acostumados. Ele conta com uma moldura fora do padrão de cores das bordas da tela, passando a ideia de um gadget menos interessante, especialmente quando comparado com o seu irmão maior, o K10

Além da questão visual, outros detalhes do K4 que destoam dos demais aparelhos da LG é a presença de botões laterais de bloqueio e volume — recentemente, a companhia havia movido estes botões para a parte traseira do gadget. As diferenças visuais em relação ao outro membro da família K, porém, acabam por aí: textura, cor e posição do alto-falante da tampa traseira são iguais ao do K10.

LG K4K4, o irmão caçula da família K, da LG. (Foto: Leonardo Pavini/Canaltech)

Especificações

Olhando para as entranhas do K4, a grande decepção fica por conta da presença de uma versão desatualizada do Android — a 5.1.1 Lollipop. Quando nos damos conta de que o gadget foi lançado junto do K10, que vem com o Android 6.0, a situação fica ainda mais desoladora e incompreensível. No mais, as especificações do aparelho são bem básicas, sem nada de muito grandioso.

Display e multimídia

A tela IPS LCD de 4,5 polegadas com resolução de 480 x 854 pixels (densidade de 218 ppi) não é ruim em nível de detalhe. Apesar de contar com PPIs suficientes para não machucar os olhos com os pixels exibidos no display, ela apresenta uma resolução bastante baixa. Dá para dizer que as imagens mostradas no K4 apenas “quebram um galho”.

A grande falha porém está no tipo de painel LCD escolhido para compor o gadget da LG: quando apagada, o display do K4 se assemelha mais a um espelho prateado do que a uma tela preta, exibindo reflexos e distorcendo cores. Sem dúvida, a tela passa longe de ser o ponto forte do K4.

Ainda no âmbito multimídia, o K4 também não apresenta uma boa solução para a reprodução sonora. Isso porque o pequeno orifício do alto-falante presente na parte traseira do gadget pode ser facilmente tampado, sufocando qualquer som. Um problema de design que interfere diretamente na qualidade do produto.

LG K4No geral, o LG K4 deixa a desejar. (Foto: Leonardo Pavini/Canaltech)

Usabilidade e Desempenho

O LG K4 pretende ser um smartphone acessível, logo, trata-se de um aparelho de entrada — em suma, não espere um desempenho de topo de linha. Durante nossos testes, foi possível notar que a transição entre dois aplicativos é realizada com certa lentidão, algo também compreensível visto que o aparelho conta com 1 GB de RAM para lidar com o sistema operacional e todos os aplicativos.

Quando o assunto é rodar jogos, o K4 é uma negação ainda maior. A combinação de recursos do aparelho não o torna apto para games mais complexos, tornando a experiência com a jogatina bastante frustrante. Por fim, as alterações da LG na interface do Android para o K4 também não colaboraram muito para aprimorar a experiência, deixando a usabilidade no geral um tanto confusa.

Câmeras

O LG K4 vem equipado com uma câmera traseira de 5 MP, f/2.8 capaz de capturar vídeos em 720p. O resultado desta combinação é a realização de fotos com ruídos, granulações de cor significativas e repletas de pontos escuros, desempenho que em nada digno de um gadget que chegou às lojas em janeiro de 2016.

LG K4Não espere muito da câmera do LG K4. (Foto: Leonardo Pavini/Canaltech)

E se a performance da câmera traseira já é desanimador, você pode imaginar que a câmera frontal é ainda pior. A lição que fica é: você não precisa comprar um iPhone 6s ou um Galaxy S7 para tirar boas fotos, mas o K4 definitivamente não é o smartphone mais indicado para isso.

Bateria e acessórios

Aqui, outro ponto decepcionante. Quando se repara nas especificações do aparelho, a primeira coisa que vem à mente é: sua bateria de 1.940 mAh deve durar bastante. Na prática, porém, a situação é bem diferente. Durante os nossos testes, foi possível concluir que com um uso “básico” ele será capaz de chegar até o final do dia, mas interações mais ostensivas vão obrigar você a recarregar o aparelho de novo antes do anoitecer.

Além disso, vale destacar que o conjunto do K4 vem acompanhado de um carregador de 700 mAh, ou seja, recarregar completamente a bateria leva cerca de 2h30.

Vale a pena?

No Brasil, o K4 tem preço oficial de R$ 699, o que sem dúvida não faz dele a melhor opção para quem quer gastar cerca de R$ 700 em um gadget. Tomando como exemplo o Redmi 2 PRO, que custa basicamente a mesma coisa, fica notável como os recursos do novo smartphone da LG são defasados mesmo para um aparelho de entrada. 

O resumo da ópera é: por esse preço, definitivamente não vale a pena adquirir um K4. Quem sabe uma liquidação oferecendo um bom desconto torne o aparelho atrativo. Até lá, é melhor evitá-lo.

LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4 LG K4
LG K4
LG K4 slideshow lupa
Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome