5 motivos para você NÃO comprar o LG G6

Por Redação

Flagships são sempre importantes para as suas fabricantes, e o G6 tem um gosto especial para a LG. De qualquer maneira, este pequeno poderoso smartphone também tem seu lado negativo, e agora você confere 5 motivos para não comprá-lo.

Preço

O LG G6 chega para o Brasil custando R$ 4.000, valor que também é cobrado por um de seus principais concorrentes, o Galaxy S8. Não há como negar: ambos os aparelhos são extremamente caros, mesmo apesar da experiência rica com hardware e software.

Ele é mais caro até mesmo do que o iPhone 7. Com este preço, os usuários podem optar por um S8 que traz o dobro de memória interna, chipset mais recente e, de brinde, os primeiros compradores ainda levam um Gear VR de nova geração.

Snapdragon 821

Não, o Snapdragon 821 não é um chipset ruim. Muito pelo contrário. O LG G6 tem poder de fogo para suprir todas as atividades atuais do Android, mas este é um processador do ano passado, enquanto que algumas fabricantes já estão utilizando a nova geração da Qualcomm, o Snapdragon 835.

A diferença é gritante? Não, não é. Mas pelos R$ 4.000 cobrados, seria uma boa trazer o que há de mais novo no smartphone, não?

Gorilla Glass... 3?

Todos nós sabemos que smartphones que trazem vidro também na parte traseira tendem a ser menos resistentes. O LG G6 é um desses, mas ele conta com Gorilla Glass 3, que foi lançado em 2013. Já estamos no Gorilla Glass 5, mas a LG decidiu não utilizar esta tecnologia no seu aparelho.

Quer exemplos de quem já utiliza o Gorilla Glass 5 para trazer mais proteção aos seus celulares? HTC, Asus, Huawei e Samsung são apenas alguns exemplos.

Versões diferentes

O LG G6 traz uma série de recursos legais, mas alguns deles estão restritos para certas regiões. Por exemplo, temos uma versão com 64 GB de memória em alguns países. Também temos áudio Quad DAC na Coreia; se acha pouco, a versão comercializada nos EUA traz suporte ao carregamento sem fio, que fica de fora na versão brasileira.

Sendo assim, o G6 pode ser diferente de acordo com o país/região que você comprá-lo. É uma experiência chata, afinal de contas, por qual motivo deixariam de fora estes recursos importantes na comercialização global?

Bateria

A LG foi de 2.800 mAh para 3.230, um salto importante para a vida útil do produto. Mas, ainda assim, estamos lidando com um celular feito para permanecer ligado por um dia. Dependendo do seu uso, menos disso.

Esta reclamação não é exclusiva do G6. Uma série de flagships do ano passado tinham baterias de uma certa forma deprimentes, mas parece que a história se repetiu também neste ano.

Veja também: 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome