5 motivos para você NÃO comprar o Galaxy S7 Edge

Por Adriano Ponte RSS

Se você achou que o Galaxy S7 normal já levantou alguns questionamentos, espere até saber um pouco mais sobre o seu irmão de bordas curvas. O S7 Edge é um dos mais caros desta leva de smartphones, então é preciso ficar atento a todos os detalhes antes de optar pela aquisição — ou não — deste gagdet.

Está em dúvida? Aqui estão cinco motivos para você desistir de comprar o novo topo de linha da Samsung.

1. Preço

Bem, não poderíamos começar falando de outra coisa: o preço oficial do Galaxy S7 Edge é de R$ 4.299, um fator de impedimento para qualquer aparelho — mesmo que ele fosse capaz de fazer transfusão de sangue ou servir café com bolinhos para você. Para se ter uma ideia de quão salgado é este preço, adquirir um iPhone SE parece ser uma alternativa viável, o que é um péssimo sinal.

2. Fantasma da Samsung

Nós já descascamos o TouchWiz, a interface que a Samsung aplica em seus aparelhos, mas não faremos isso desta vez. Alguns usuários até gostam da interface, mas ninguém gostou da fabricante tirar da jogada uma das melhores funções do Android Marshmallow: o armazenamento adaptativo.

Assim como aconteceu no S7 normal, no S7 Edge o equívoco foi repetido e você não poderá usar um cartão microSD para expandir a memória interna do aparelho. Em suma, um vacilo pesado da Samsung, que assassinou um recurso épico da versão mais recente do Android.

Galaxy S7 EdgeGalaxy S7 Edge: nem tudo são flores. (Foto: Canaltech)

3. Edge

Mesmo que você simplesmente não se importe com isso, o gadget traz bordas curvas que, além de garantirem o nome Edge, servem de fator de encarecimento para o produto. Ou seja, este pequeno detalhe não sai de graça e você paga um bocado para levá-lo para casa — e basicamente é este o problema.

As bordas curvas não são úteis de fato. As funções da tela Edge servem mais como um extra divertido do que um fator decisivo que vai fazer você optar por este aparelho. Para você ter uma ideia, uma de suas principais funções, os atalhos laterais, são facilmente emulados por softwares em basicamente qualquer aparelho sem “bordas inteligentes”.

Além disso, há um fator anatômico, tornando ocasional o acionamento acidental da tela durante o uso. O resumo é o de um ponto duvidoso, mas capaz de encarecer o gadget para o usuário final.

4. Vidro

Sabemos que o S7 Edge não é frágil, afinal ele vem com certificação à prova d'água e proteção Gorilla Glass, mas... Vidro é vidro. Não estamos nivelando pela Apple, mas, sim, por todas as fabricantes que equiparam aparelhos topo de linha com metal (sim, estamos falando do LG G5) ou mesmo optam por Kevlar com alumínio (como é o caso do Moto X Force), garantindo assim que nada de ruim acontecerá em uma queda (oi de novo, Moto X Force).

Galaxy S7 EdgeO "Edge" ainda soa como perfumaria. (Foto: Canaltech)

Aqui, nós cobramos o Edge por dois motivos: o primeiro envolve o fato de ele ser um dos principais aparelhos da Samsung; o segundo, bem, ele custa um rim e meio pulmão de tão caro, logo deveria ser obrigação ele ser praticamente inquebrável, com uma alta resistência contra as obras maléficas do destino.

5. Dual chip falso

Tal qual o irmão menor, o S7 Edge também traz uma gaveta de cartão falsa. A gente explica: você pode colocar um microSD de até 200 GB nele, mas o compartimento onde vai o cartão é o mesmo do sim card 2. Entendeu a pegadinha? Você fica entre ter uma segunda linha operando no aparelho ou expandir a memória. Parece piada — para não dizer “completa falta de cuidado e preocupação com quem comprar o aparelho”.

Estes foram os cinco motivos para não comprar o Galaxy S7 Edge. Está decidido? Ainda está com dúvida? Então não deixe de conferir cinco motivos para comprar o novo gadget da Samsung.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome