Moto Snap Hasselblad True Zoom [Análise]

Por Adriano Ponte RSS

Zoom óptico é um luxo que poucos smartphones trouxeram até hoje, e sempre com uma contrapartida inconveniente - seja ela tamanho, peso ou limitações no funcionamento da câmera. E se você tivesse zoom sem alterar seu telefone, apenas encostando um módulo?

É essa a proposta do Moto Snap Hasselblad True Zoom, que a gente analisa agora.

Dez vezes modular

Zoom óptico de 10x. Isso permite que você "tire fotos detalhadas de longe sem sacrificar a resolução ou a qualidade da imagem", segundo o site da Motorola.

A questão é interessante. O Hasselblad True Zoom permite que você faça isso, de fato, porém não como parece num primeiro momento. Esse módulo para a linha Z da Motorola tem o formato de uma câmera compacta, e dá a impressão de que traz ao sensor do aparelho um engenhoso mecanismo de aproximação das imagens. Mas não é isso.

Ao usar o Hasselblad True Zoom, você estará trocando de câmera, independentemente de ser o Moto Z ou Play, por exemplo. O módulo tampa a câmera original do aparelho, e inclusive há uma cavidade com espuma para "matar" o sensor enquanto o módulo estiver ali. Quem assume as fotos é, de fato, o módulo, que conta com lente/sensor próprio.

Dito isso, podemos continuar com nossa análise.

A ideia é a seguinte: você saca o módulo Hasselblad True Zoom do seu bolso durante um passeio, e tem uma câmera digital para colocar na traseira do seu smartphone. A vantagem seria física, primeiramente. A empunhadura do celular/câmera passa a ser diferente, fazendo o Moto Z / Z Play ficar com a firmeza de uma câmera compacta que aspira ser uma DLSR.

Somando-se ao fato da ergonomia, vem os botões físicos para foco e disparo. Eles ficam no local adequado, seguindo a pegada que o Hasselblad True Zoom proporciona. Nesse mesmo local, fica o anel de zoom da peça.

OK, este "belo botão" poderia ser um problema no seu bolso, acionando a câmera sem querer. Porém, ele não faz isso. O botão menor, bem difícil de ser acionado sem querer, é o responsável pela ativação da câmera. Você deve pressioná-lo para que o Hasselblad desperte. Ok, você pode simplesmente abrir a câmera pelo menu do smartphone e pronto.

E existe mais um item na lista de "porquês" para usar o módulo. Ele acrescenta Flash Xenon ao corpo do aparelho, ajudando no preenchimento de luz para fotos menos favorecidas de luminosidade. Depois da migração em massa dos smartphones para o LED, esse luxo fotográfico que os amadores dispunham simplesmente desapareceu.

Câmera

Falemos da câmera propriamente dita. Ela grava imagens no formato RAW (.DNG), caso você deseje. Isso abre um leque enorme para os amantes da fotografia, permitindo edições/correções avançadas das imagens.

Ainda nessa linha de detalhes, temos:

  • Obturador físico
  • Sensor BSI CMOS (1/2,3")
  • Zoom óptico de 10x (f/3,5 a 6,5)
  • Macro de 5 cm com 1x (1,5 m com 10x)
  • ISO de 100 - 3200
  • Foco manual
  • Estabilização óptica para fotos (eletrônica para vídeos)
  • Resolução de 12 MP para fotos e 1080p Full HD (30 fps) para vídeos
  • 2 microfones integrados

Ao conectar o módulo, a interface da câmera no smartphone se ajusta, permitindo utilizar as especificações com o devido controle manual. A transição não necessita de configurações, o smartphone reconhece e cuida para que "apenas funcione", sem intervenções necessárias.

Apesar desse tamanho todo, a peça não conta com energia própria ou bateria extra. Ela dependerá totalmente do smartphone para se alimentar e se manter em funcionamento.

E lembremos a todos pela nossa experiência com câmeras compactas: movimentação de lentes para zoom óptico + estabilização óptica são coisas que consomem bastante energia, então dependerá apenas de quanto tempo levou sua sessão de fotos para comer a bateria do seu smartphone num ritmo bem mais acelerado que o normal.

Qualidade de imagem

Falando da qualidade de imagem propriamente dita, existe bastante a se pensar.

Primeiro de tudo: zoom óptico é inquestionável. Com o módulo, você estará acima de qualquer cenário onde seria usada a câmera do Moto Z / Z Play para aproximar-se de algo de forma digital. Com o conjunto de lentes movendo-se para chegar mais perto, temos perdas (virtualmente) "0", mantendo a qualidade da imagem. Claro, quanto mais zoom é aplicado, menor a abertura que o sensor trabalhará, vendo menos luz. Isso é natural e apenas questão de física.

O detalhe mesmo fica para... os detalhes. Literalmente. O módulo é capaz de produzir boas fotografias, porém trata-se de uma câmera compacta, apesar de toda sua aparência. Seu sensor é pequeno, e o nível de detalhe registrado pode desapontar quem busca uma câmera superior à do próprio Moto Z. Chega a ser um pouco confuso.

O tempo de foco do módulo também parece mais lento do que deveria. Leva alguns momentos para focar o que você deseja, deixando cenas mais movimentadas com grau de dificuldade mais elevado.

Porém, há o detalhe do vídeo ainda. As capturas produzidas com o Hasselblad sofrem bastante compactação, fazendo seus pequenos filmes ficarem levemente abaixo do que a própria câmera do Moto Z poderia produzir. E endossamos essa afirmação com a lembrança de que o módulo NÃO captura NENHUM clipe em 4K, habilidade essa que se aplica ao Moto Z.

Claro, fazer vídeos com zoom REAL de 10x coloca essa limitação no bolso, mas apenas se FOR PARA ISSO que você sacar o Hasselblad e começar uma gravação.

Veredito

Caso não tenha ficado claro: o módulo faz boas imagens, porém captura MENOS detalhes que a própria câmera do Moto Z. A tendência é suavizar bastante as capturas, mesmo com ajustes de ISO e trabalho manual. Ela PODE parecer uma câmera profissional, mas não é. Ela é uma câmera compacta, e que faz imagens neste nível apenas.

A questão é a seguinte: essa câmera é fantástica para ZOOM. Isso ela faz muito bem, e com a estabilização óptica fica FÁCIL produzir imagens à distância. Nesse cenário ela é imbatível.

Agora, se você só vai tirar uma foto/fazer um vídeo que não precisa de aproximação, é totalmente desnecessário usar o Hasselblad.

E isso custa R$ 1.499,00 segundo o site oficial da Motorola.

Atende sua necessidade? Você precisa de ZOOM e pagaria isso para ter ele no seu aparelho?

Conta pra gente nos comentários aqui embaixo.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome