Dell Precision 15 5000 (Review)

Por Redação

Conteúdo Patrocinado*

Foi-se o tempo em que workstations eram sinônimo de PCs de grande porte, pesados e difíceis de se carregar por aí. A realidade do trabalho hoje é móvel, e o Precision 15 5000 é prova de como os notebooks de alto desempenho têm evoluído para se adaptar à essa realidade. Vamos então às principais características dessa bela máquina.

Design premium

Com borda infinita de 15 polegadas em um chassi de um laptop de 14 polegadas, o Precision 15 agrada aos olhos pelo design inovador e sexy. A workstation tem acabamento premium, com um corpo metálico em alumínio e um teclado confortável em fibra de carbono, com bom feedback de digitação e retroiluminação. O Precision Touchpad também é um destaque à parte e impressiona pela alta responsividade e facilidade com o que os dedos deslizam

O display é sensível ao toque e traz brilho e contraste no ponto certo, com uma resolução UltraHD de 3.840 x 2.160 pixels que também deve agradar quem trabalha com edição de imagens e vídeos. O já brilhante display 4K recebe ainda um boost por conta da tecnologia UltraSharp, que garante a reprodução fiel das cores e ampla cobertura das principais paletas de cores do mercado.

Com pouco mais de 2,2 kg, o Precision 15 pode parecer um peso pesado quando comparado a laptops comuns ou ultrabooks, mas a realidade é que o dispositivo bastante leve quando colocado lado a lado com outras workstations do mercado, além surpreendentemente fino – o que garante ares de superportabilidade à essa máquina.

Maquinário pesado

Por baixo do capô, o Precision 15 5000 traz o poder de fogo esperado de uma workstation de alto desempenho.

Como processador, estão disponíveis configurações com os Intel Core ou Intel Xeon de sexta geração. O equipamento também é o primeiro do portfólio móvel da Dell a carregar memória RAM no padrão DDR4, com opções em até 32GB.

O processamento gráfico, por sua vez, fica por conta da poderosa placa NVIDIA Quadro M1000M, que conta com 2GB de memória dedicada GDDR5 VRAM.

Ah, claro, o conjunto padrão de tecnologias embarcas também marca presença: Blootooth 4.1, NFC e Wi-Fi dual band 802.11ac para conexão sem fio - além desse adaptador incluso para conexões ethernet.

Vale a pena também destacar a qualidade sonora do dispositivo, com dois poderosos speakers frontais que aproveitam a base angular do laptop para “jogar” o som com bons graves na direção do usuários.

Conexões e portas

Quem precisa de uma ampla oferta de portas e conexões para sua workstation deve ser bem atendido pelo dispositivo, que inclui (à esq) uma entrada P2 para fones, uma porta USB 3.0 e outra USB tipo C com Thunderbolt 3.0, que permite a transferência de dados a uma velocidade de até 40 Gbits por segundo, oito vezes mais rápido que uma porta USB 3.0 convencional

Destaque aqui também para a entrada HDMI, ausente em alguns modelos equivalentes que concorrem com o Precision 15.

Do lado direito, outra entrada USB 3.0, leitor de cartão SD e a trava antirroubo K-lock. Aqui também fica este simpático medidor de bateria, com cinco pontos luminosos que indicam quanta energia a workstation ainda possui - mesmo ela estiver com a tela fechada.

Softwares embarcados

Quem demanda uma workstation sabe que não é só o hardware que importa na hora de escolher uma máquina para o trabalho. E nisso o Precision 15 também não deixa a desejar: o notebook sai da caixa carregado com um suite de softwares corporativos prontos para apoiar o usuário do equipamento no dia-a-dia.

Isso inclui o Dell Precision Optimizer, software de gerenciamento centralizado que aumenta a produtividade e a performance, otimizando seu sistema para trabalhar com aplicativos com certificação de ISV.

Há também compatibilidade com a solução Dell Data Protection - Encryption Enterprise Edition (DDP E), recurso desenvolvido para criptografia e proteção dos dados e para atender aos requisitos de conformidade corporativa, incluindo proteção dos discos e das mídias externas do sistema e definição de políticas, auditoria e gerenciamento remoto - tudo através de um console central que funciona com os processos de TI existentes.

Além disso, vale destacar: o equipamento conta com certificação de Fornecedor Independente de Software (ISV), o que significa que as workstations Precision são testadas para garantir que os aplicativos de alta performance de que você precisa sejam executados em sua performance máxima -- incluindo softwares profissionais como: AutoCAD, SolidWorks, Maya, Adobe Creative Cloud e centenas de outros.

Conclusão

Na nossa avaliação o Dell Precision 15 5000 se mostrou uma boa opção para quem busca uma workstation de alto desempenho e boa produtividade, mas sem deixar de lado a portabilidade e design agradável - uma herança direta da linha XPS 15. Com um impressionante display 4K, construção premium, teclado e trackpad confortáveis e boa oferta de conexões - além dos softwares corporativos embarcados - essa máquina promete ser uma alternativa sólida.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome