SupaBoy, o Super Nintendo moderno [Análise]

Por Adriano Ponte RSS

O Super Nintendo (ou SNES, caso você prefira) é um dos consoles mais clássicos de todos os tempos. Lançado originalmente em 1990, no Japão, o aparelho ganhou o mundo e tem um lugar especial no coração dos gamers (ou de “ex-gamers”) de várias idades. Mas ele se tornou história e, hoje em dia, é uma peça de museu.

Para quem não chegou a conhecer o SNES, trata-se de um console que usava cartuchos com placas lógicas para rodar seus jogos e salvar o progresso dos games. Alguns tinham até mesmo GPU própria para permitir gráficos 3D em uma época em que isso era quase inimaginável para um console.

Nostalgia (quase) de bolso

Hoje em dia, para jogar Super Nintendo você pode recorrer a um emulador no PC, mas esta medida ainda não tem aquela “cara de console”. Então, que tal experimentar o SupaBoy? Desenvolvido pela Hyperkin, ele é um SNES portátil, compacto e com bateria que oferece até cinco horas de jogatina. Ele conta com uma tela de 3,5 polegadas, caixas de som frontais e entrada para cartuchos — isso mesmo —, a solução de bolso mais retrô possível.

SupaBoySupaBoy: o SNES portátil. (Foto: Canaltech)

Mas “de bolso” é até um elogio, visto que ele pesa 377 gramas sem o cartucho inserido. Levando em conta que cada fita tem cerca de 70 gramas, temos aí um gadget de quase 450 gramas de peso real. Mas chamá-lo de portátil é justo: ele cabe bem nas mãos e possui o formato de um controlão de SNES. Além disso, é confortável para o uso, resistente e os botões são tão responsíveis quanto os de um controle padrão.

E vale lembrar também que é possível posicioná-lo sobre a mesa. Como ele tem entrada para dois controles e saída áudio e vídeo (com o cabo incluso), é possível conectar os fios a uma televisão e reviver os anos 90 em sua casa.

Limitações

Se a ideia de usar o SupaBoy na televisão é boa, a de utilizar o gadget nas mãos é bem problemática. A tela de 3,5 polegadas oferece um ângulo de visão péssimo, então, qualquer inclinação suave do aparelho já oferece uma inversão de cores horrível e reflexos irritantes.

Isso simplesmente não faz sentido para um console de mão, que naturalmente será movimentado e deveria lidar com as variações de ângulo. Pior do que isso, as imagens reproduzidas no aparelho são péssimas, com notáveis problemas na formação dos pixels. Lembra daquelas linhas estranhas em uma TV de tubo ruim quando você se aproximava muito dela? O SupabBoy faz isso e, bem, sendo um portátil, ele obriga você a ficar próximo do display. O jeito é apostar mais nele como um console de mesa.

SupaBoyGadget esbarra em algumas limitações. (Foto: Canaltech)

E nada como contar com a modernidade para a sua vida com o aparelho. O SupaBoy precisa dos cartuchos o tempo todo e não conta com qualquer tipo de sistema de salvamento para guardar dados na memória interna. Ele também não conta com um emulador, ou seja, é um SNES de bolso mesmo. Se por um lado isso é bom, afinal ele roda os games de fato, sem lags e com o mesmo rendimento do console original, por outro, isso é bastante limitador, afinal não leva adiante a experiência e obriga que você tenha os controles para poder se divertir.

E, se mesmo na época em que Super Nintendo era o suprassumo dos games os cartuchos eram problemáticos, agora você vai continuar tendo que assoprar as fitas ou até mesmo limpar os seus contatos na esperança de que tudo funcione corretamente.

Enfim, o SupaBoy pode ser a salvação da lavoura para quem ainda tem cartuchos em casa e morre de saudades de jogar o SNES, porém, com uma tela decepcionante e com um pouco de dificuldade para rodar algumas fitas. Você arriscaria cerca de US$ 80 dólares nele para trazer de volta suas memórias à vida? Conta aí nos comentários.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome