Códigos do Windows 10 revelam produto semelhante a uma estação para canetas

Por Wagner Wakka | 21 de Junho de 2019 às 19h00
Divulgação/Microsoft
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

A Microsoft pode estar apostando em um novo produto para integrar acessórios do Surface Studio, o seu tablet voltado para desenho e outras atividades criativas. Trata-se de uma estação para canetas usadas para controle do sistema.

Um perfil conhecido por analisar códigos de programas da Microsoft percebeu que a última atualização do Windows 10 (Preview Build 18922) trazia novas linhas com a citação PenDocking, voltada a estações para canetas digitais.

A informação poderia passar batida se a Microsoft não tivesse apresentado em outubro do ano passado uma patente desta ideia. O objetivo é ter um suporte parecido com tinteiros, só que, claro, muito mais tecnológico.

Petente mostra proposta de estação para canetas (Foto: WIPO)

A plataforma poderia ser usada para carregar canetas e criar mais ligações entre o acesso e o device do usuário. Por exemplo, poderia ter um reconhecimento de toque da pessoa e já entregar a caneta com configurações pré-definidas para uso. Ainda é possível que o sistema permita a criação de canetas digitais para configuração mais fácil do acessório.

Contudo, a parte mais interessante nem é essa. De acordo com a patente, a proposta é bastante similar ao que a Microsoft faz com o Surface Dial. Se você não está familiarizado, esse é um acesso que a companhia apresentou no ano passado e acopla a telas touch de aparelhos Windows, fazendo várias funções.

O interessante é que o Dial consegue reconhecer uma superfície touch e projetar informações sobre ela, como paleta de cores e moldezinhos para medidas.

Analogamente, esta estação para canetas pode já chegar com todas estas mesmas funções do Dial, com controle manual ou com a caneta em cima de qualquer superfície touch.

Apesar de a linha já aparecer nos códigos do Windows 10, vale lembrar que esta é só uma versão de uma build. A atualização faz parte da chamada de 20H1, ou seja, esperada para o primeiro semestre de 2020.

Fonte: Twitter, WIPO

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.