7

O que é um arquivo FLAC?

Por Pedro Cipoli RSS | 20.03.2012 às 18h00 - atualizado em 17.08.2012 às 12h13

FLAC logoO MP3 se tornou o padrão oficial de distribuição de músicas pela internet devido a sua capacidade de comprimir o áudio em taxas bastante altas, resultando em arquivos pequenos e fáceis de compartilhar. Porém, um outro formato está se popularizando entre os apaixonados por música principalmente pelo alto nível de qualidade que pode oferecer.

Estamos falando do FLAC (Free Lossless Audio Codec - Codec Livre de Áudio Sem Perdas), criado por Josh Coalson através de um algoritmo chamado Golomb-Rice. Esse formato de compressão, se aplicado ao master áudio (arquivo original da gravadora) garante uma cópia perfeita da música, mantendo todos os detalhes do arquivo original por ser um método de compressão sem perdas.

Quando aplicados aos arquivos originais, conseguem uma taxa de compressão de até 50% sem descartar nenhum dado, ganhando de longe do formato ZIP para a mesma tarefa, que conseguem no máximo 20%. O MP3 que estamos acostumados pode chegar até 90% de compressão, porém elimina uma boa quantidade de detalhes, resultando em um arquivo de qualidade nitidamente inferior ao original.

Já houveram várias tentativas de substituir o MP3 que não ganharam a simpatia do público, como o OGG-Vorbis do Winamp, WMA do Windows Media Player e até o WAVE (desenvolvido pela Microsoft e IBM), que tinha como proposta não realizar nenhuma compactação para manter a qualidade do arquivo, resultando em arquivos arbitratiamente grandes, e que também não vingou.

O FLAC consegue manter a qualidade original sem ocupar tanto espaço em disco - como o WAVE - e sem excluir nenhum detalhe - como o MP3 e o OGG -, sendo a escolha ideal para aqueles que querem a máxima qualidade de seus arquivos de áudio sem abarrotar o seu HD.

Programas como o VLC Media Player, KMPlayer, Songbird e Winamp Full conseguem reproduzir arquivos FLAC por padrão, mas é importante lembrar que você precisa de um equipamento que consiga aproveitar essa qualidade (de preferência caixas de som + subwoofer) ou um fone de ouvido de qualidade. O mesmo acontece com os CDs de áudio, que possuem uma qualidade bastante alta se comparada aos arquivos MP3, por isso é importante utilzar programas como o FLAC Ripper para manter todos os detalhes das músicas.

Gostou do formato FLAC? Já comparou uma música nesse formato com o MP3? Conte-nos o que achou!

Leia a Seguir

Comentários