4

O que é traffic shaping?

Por Pedro Cipoli RSS | 19.04.2012 às 16h00 - atualizado em 17.08.2012 às 21h07

O que é Traffic Shaping?

Já reparou que nem sempre seus downloads antigem a velocidade máxima mesmo quando o link está com toda a banda disponível? Isso se chama Traffic Shaping (calibragem de tráfego, em tradução livre), prática adotada por todos os provedores de internet (Internet Service Provider - ISP) para priorizar determinado tipo de tráfego, e o Ultra Downloads vai explicar como isso funciona.

Traffic Shaping é o mesmo que priorização de tráfegoAo transmitirmos dados pela internet estamos na verdade enviando e recebendo sequências de 0s e 1s, que é o único modo que nossos computadores entendem e armazenam dados, e isso independe do que estamos fazendo, seja streaming de vídeo, compartilhando arquivos via rede P2P, jogando online ou apenas navegando. Porém, cada tipo de dados possui uma "assinatura" que mostra diz ao provedor que serviços estamos utilizando, e isso é possível se observando o tipo de protocolo utilizado.

Por exemplo, ao realizarmos um streaming de vídeo no Youtube ou conversando com alguém no Skype utilizamos o procolo UDP (User Datagram Protocol), ao navegarmos pela internet o TCP (Transmission Control Protocol), compartilhar arquivos via torrent é possível via protocolo BitTorrent e assim por diante, e assim por diante, de forma que nosso ISP "sabe" que tipos de dados estamos trafegando.

Segundo os grandes provedores, o uso do Traffic Shaping é necessário para "otimizar" o uso da internet, priorizando alguns serviços em detrimento a outros para balancear o uso da internet e não prejudicar umGrandes provedores, como Telefônica e Net Virtua, são acusadas de realizar traffic shaping usuário com conexão de menos velocidade. Muitos argumentam que se os provedores vendessem apenas a quantidade de banda que tivessem disponível, isso não seria necessário, o que tem gerado inúmeras reclamações não só no Brasil como também no resto do mundo.

Acontece que no Brasil já foi observado que se os pacotes de velocidades vendidos fossem somados ultrapassaria a capacidade máxima de fornecimento do provedor, e estes afirmam que esse é o único jeito de manter os pacotes a um custo acessível, visto que são raras as vezes em que todos os usuários utilizam 100% de sua banda ao mesmo tempo.

Quando muitos usuários começam a exigir muita banda ao mesmo tempo, o ISP inicia um processo de priorização de dados, diminuindo a disponibilidade de aplicativos que exigem uma quantidade de banda muito alta, como redes P2P, VoIP e streaming de vídeo, para aliviar os usuários que desejam apenas acessar seus e-mails, por exemplo.

Redes de compartilhamento são as primeiras a sofrerem cortesEmbora esse seja um tema muito controverso, onde usuários mais experientes conseguem detectar quando sua banda está sendo filtrada e os provedores neguem categoricamente que não fazem traffic shaping, inúmeros processos acontecem com uma certa frequência e tanto o consumidor quando as empresas possuem bons argumentos para respaldar o seu lado.

E você, usuário? Acha que o Traffic Shaping deve ser proibido ou liberado?

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

CURTA NOSSO FACEBOOK E RECEBA
NOSSAS NOTÍCIAS EM SUA TIMELINE