Microsoft finalmente anuncia o Lumia 650

Por Redação | em 15.02.2016 às 10h11

Lumia 650

Depois de tantos rumores, a Microsoft finalmente oficializou o anúncio do Lumia 650, seu mais novo smartphone e supostamente um dos últimos aparelhos produzidos em parceria com a Nokia. E, como muitos esperavam, ele traz basicamente tudo aquilo que os boatos e vazamentos anteriores já entregaram semanas atrás.

É o caso da utilização do Windows 10 como sistema operacional e de seu hardware mais simplificado para torná-lo um produto mais acessível. Disponível nas cores branca e preta, o novo Lumia chega às lojas europeias já no próximo dia 18 de fevereiro. Até o momento, nada foi comentado sobre seu lançamento em outras regiões, incluindo os Estados Unidos — o que é bem estranho nesse mundo da tecnologia. O preço será algo próximo dos US$ 199, sem contar impostos e subsídios aplicados em cada país da Europa.

Como já se especulava anteriormente, o Lumia 650 terá tela de 5 polegadas. O diferencial é que ela será de OLED, o que garante cores mais brilhantes e um preto bem mais profundo — deixando todas as imagens bem mais bonitas. Além disso, ele traz uma câmera de 8 megapixels na parte traseira e uma lente grande-angular de 5 megapixels na área frontal.

Visualmente, ele é tudo aquilo que os fãs já imaginavam e esperavam. Com apenas 6,5 milímetros de espessura e pesando somente 122 gramas, o dispositivo traz uma moldura de alumínio e chama a atenção pela bateria removível e a possibilidade de ampliar a memória disponível a partir de cartões — algo já considerado raro no mercado de smartphones.

Por conta do Windows 10, o Lumia 650 oferece ainda todos os aplicativos do Microsoft Office e sincronização com o OneDrive, além de integração total com a Cortana, a assistente virtual do sistema. Além disso, ele oferece um sistema de criptografia de dados e limpeza de informações simplificada para evitar vazamento de dados sigilosos — o que o torna uma ótima opção para uso corporativo.

Em compensação, a Microsoft praticamente não falou nada sobre a configuração do aparelho, preferindo se limitar às funcionalidades que ele possui. Levando em consideração que a ideia é atingir um público mais geral e não brigar com os líderes do mercado, essa ausência não chega a ser um grande problema.

Via: Microsoft Lumia (YouTube), Slash Gear

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar