Twitter libera nova linha do tempo organizada por importância

Por Redação | em 10.02.2016 às 14h01

Twitter

Mesmo com todos os protestos e revolta dos usuários, o Twitter liberou nesta quarta-feira (10) a tão mal falada linha do tempo organizada por algoritmos. Utilizando um sistema que já está em vigor hoje, a rede social agora é capaz de reconhecer a relevância das postagens por meio de diferentes métricas e passa a exibir com mais destaque as mais importantes, acima das tradicionais publicações em ordem cronológica.

Trata-se, na realidade, de uma espécie de evolução da caixa “Enquanto você esteve ausente”, que já há alguns meses, disponibilizava em um espaço diferenciado as mensagens mais importantes das últimas horas. A ideia deu certo e, de acordo com o Twitter, as mensagens que apareciam no local recebiam um maior índice de engajamento, portanto, fez sentido ampliar essa funcionalidade.

A novidade está disponível para os usuários inclusive do Brasil, mas ainda não pode ser acessada por todos. Tanto na versão desktop quanto nos sistemas operacionais iOS e Android, se disponível, a funcionalidade pode ser ativada por meio de uma opção na tela de configurações de histórico, em uma caixa chamada “mostrar os melhores tweets primeiro”. Por enquanto, trata-se de algo opcional, mas a expectativa é de que, após os testes, isso se torne padrão para todos.

Apesar disso, o Twitter faz questão de deixar claro que não se trata de uma alternativa que vai substituir a atual organização da rede social. Assim como no caso do “Enquanto você esteve ausente”, trata-se de uma caixa destacada, que aparecerá acima da linha do tempo convencional, mas os usuários continuarão a ter acesso, normalmente, às mensagens publicadas em ordem cronológica.

A revolta está relacionada, justamente, a esse último aspecto. Por meio da hashtag #RIPTwitter, usuários demonstraram insatisfação com a possibilidade de introdução do algoritmo, alegando, principalmente, que isso iria contra o próprio princípio da rede social. Além disso, associações nada positivas eram feitas com o Facebook, que já conta com um sistema semelhante e, muitas vezes, acaba impedindo que as pessoas vejam o que querem em prol de mensagens repetidas ou irrelevantes.

Os esclarecimentos do Twitter, entretanto, vêm para mitigar um pouco essa má recepção. Parece certo que a funcionalidade será ativada por padrão para todos em algum momento, mas ficam as dúvidas sobre a possibilidade de desativá-la ao gosto do usuário, preservando o antigo estilo que conquistou tanta gente para a rede social.

Mais do que tudo isso, entretanto, é mais uma maneira de ampliar o engajamento e a presença dos usuários no Twitter. Com o total de postagens em queda e uma estagnação no total de novas contas, a rede social enfrenta dificuldades a olhos vistos, e faz o possível para aumentar seu faturamento, monetização e, acima de tudo, a relevância. A vocalização de alguns usuários, aparentemente, não representa toda a massa.

Fonte: Twitter

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar