Site da Forbes pode infectar usuários com malwares

Por Redação | em 12.01.2016 às 13h08

Vírus

Como se já não bastassem as críticas a um modelo adotado pela Forbes, que exige que seus usuários desativem bloqueadores de anúncios para acessarem seu conteúdo, o site do veículo agora estaria sendo um vetor de malwares por meio de seu sistema de propagandas, sendo que muitas delas nem mesmo exigem um clique direto.

O problema foi relatado pelo pesquisador de segurança Brian Baskin, que demonstrou como o site da Forbes estaria entregando malwares disfarçados de uma inexistente atualização do Java. O software, por si só, já é motivo de atenção e updates constantes devido às suas vulnerabilidades, o que acaba tornando os usuários mais suscetíveis a acreditarem que, mais uma vez, se trata de um download legítimo. O anúncio malicioso simula uma janela do próprio Windows, e vem acompanhado de notificações no navegador.

Uma olhada na URL, porém, já é suficiente para mostrar que não se trata de uma atualização legítima. O endereço relatado, fugupdates143.com, já havia sido citado antes em relatórios de segurança como portador de malwares, e agora, dá as caras novamente aproveitando-se de uma política polêmica implementada pela Forbes.

Apesar de aparecer somente no site do veículo, isso não significa que ele está infectado. As propagandas maliciosas, que aparecem na página de “citação do dia”, exibida antes do acesso efetivo ao conteúdo, são servidas por um sistema de anúncios terceirizado, sobre o qual a Forbes não tem controle. É lá que está o problema, que eventualmente, atinge outros sites igualmente legítimos e já chegou a atingir até mesmo os serviços de publicidade do Google.

A questão, mais do que tudo, deve voltar a acender o debate sobre a guerra entre criadores de conteúdo e desenvolvedores em prol, ou contra, os bloqueadores de anúncios. A ideia de que, se fosse possível usar esse tipo de solução no site da Forbes, os usuários estariam protegidos deve tornar a conversa ainda mais acirrada, já que os apoiadores de adblockers fomentam os softwares não apenas como soluções para tornar a navegação mais agradável, mas também como mais uma forma de se proteger contra ameaças online.

Fonte: Extreme Tech

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar