1

Cibercriminosos aplicam golpes utilizando conversores de MP3 gratuitos

Por Redação em | 31.07.2012 às 12h30 - atualizado em 31.07.2012 às 14h35

Cibercriminosos

Nos últimos anos, empresas de segurança puderam notar um aumento considerável na aplicação de golpes pela internet. E dessa vez, a ESET alerta que cibercriminosos estão utilizando conversores de MP3 gratuitos para invadir sistemas e aplicar golpes.

De acordo com a empresa, um dos principais golpes envolve programas de conversão do áudio de vídeos do YouTube em faixas MP3. Muitos scammers estão utilizando essas ferramentas para redirecionar os usuários para malwares que infectam seus computadores.

Depois de buscar pelo programa no Google, os usuários são redirecionados para uma página com um screenshot de um vídeo do YouTube. A página instrui o usuário a acessar um link dentro do próprio player, porém, quando ele clica sobre a URL, não existe nenhum conversor.

Os usuários são redirecionados para uma página javascript com anúncios e com um 'cartão presente', que afirma que assim que o usuário clicar sobre ele, o download do programa se iniciará automaticamente.

A empresa também alerta que se usuário seguir as instruções do site, ele será enviado para uma página que pede suas informações pessoais e a opção de ser contatado por supostas empresas terceiras.

"Este tipo de golpe pode ser replicado em qualquer parte do mundo, onde os criminosos virtuais criam falsos anúncios de lojas virtuais, na tentativa de extrair dados dos internautas de forma ilegal", afirmou Raphael Labaca, coordenador de pesquisa da ESET América Latina. "Inclusive no Brasil já foram reportados casos de phising onde o usuário era levado a inserir informações pessoais para ganharem prêmios como passagens aéreas, promoções, carros esportivos e phising de cartões de crédito".

Os cibercriminosos ainda conseguem obter lucro com base no tráfego até a página infectada, mesmo que o usuário não caia no golpe.

Golpe conversor MP3 YouTubeOs usuários são redirecionados a uma página que solicita suas informações pessoais

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

RECEBA NOSSAS
NOTÍCIAS POR E-MAIL
ASSINE NOSSA NEWSLETTER DIÁRIA