Brasileiros possuem, em média, perfil em 7 redes sociais

Por Redação | em 22.07.2014 às 06h40

redes sociais

Os internautas brasileiros entre 15 e 32 anos têm, em média, perfil em sete redes sociais, sendo as mais populares Facebook (96% possuem perfil), YouTube (79%), Skype ( 69%), Google+ (67%) e Twitter (64%). Os dados foram divulgados pela comunidade de pesquisa Conecta no youPIX SP Festival 2014, na última quinta-feira (17). 

Segundo o estudo, navegar nessas redes é um hábito de 90% dos internautas de todo o país dentro dessa faixa etária. Outras atividades comuns na web são buscar informações (86%), acompanhar notícias (74%), assistir a vídeos (71%), ouvir música (64%) e trocar e-mails. “Engana-se quem já decreta a morte dos e-mails, já que esses jovens ainda recebem em média 2,8 emails diariamente”, avalia Laure Castelnau, diretora executiva do Conecta.

Os smartphones, mais uma vez, são responsáveis por essa mudança de comportamento digital. Boa parte do acesso às redes ocorre em dispositivos móveis. O aplicativo do Facebook está presente em 88% dos celulares dos jovens, seguido dos aplicativos de email (84%), YouTube (81%) e WhatsApp (79%). Em tablets, o Facebook está instalado em 61%, os e-mails em 57% e o YouTube em 59%.

Em alguns casos, o uso desses aplicativos já se tornou um vício: 89% dos internautas estão continuamente conectados ao Facebook, 87% ao WhatsApp, 80% aos emails e 63% ao Instagram.

No caso dos aplicativos de entretenimento, serviços e informação, os mais usados são jogos (66% em celulares e 54% em tablets), previsão do tempo/clima (54%/29%), internet banking (39%/29%) e notícias (34%/28%).

Relacionamento com empresas

De acordo com a pesquisa, 47% dos internautas gostam de dar feedback às marcas e 40% querem interagir com suas marcas favoritas dando seus feedbacks.

Um terço dos jovens internautas brasileiros (34%) acredita que as informações mais confiáveis sobre as empresas são as divulgadas em seus websites, porém 41% declaram que para encontrar informações confiáveis sobre marcas, produtos e serviços, buscam outras fontes de informação.

Publicidade online 

Banners irritam 43% dos internautas, mas, ao mesmo tempo, 49% prestam atenção e 44% concordam que essas peças contêm informações interessantes sobre promoções.

A pesquisa aponta também que 41%, na maioria das vezes, se cadastram impulsivamente para receber emails com novidades e depois acabam nem prestando atenção nessa comunicação. Os cadastros mais frequentes para receber newsletter ocorrem nos sites de e-commerce nos quais costumam realizar compras (47%), em sites de emprego (39%) e das marcas favoritas (36%). “É preciso estar atento à frequência de envios, já que para metade dos entrevistados, uma newsletter por semana é suficiente”, afirma a executiva.

A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 9 de julho de 2014, com 1.513  internautas de todos os estados do país, sendo 1030 participantes do painel CONECTAí e 483 internautas da base do youPIX. 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar